Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Uma prescrição divina

A fim de que o nome de nosso Senhor Jesus seja glorificado em vós, e vós nEle, segundo a graça do nosso Deus e do Senhor Jesus Cristo. 2 Tessalonicenses 1:12.

Muitos anseiam crescer na graça; oram sobre o assunto e ficam surpresos quando suas orações não são atendidas. O Mestre tem-lhes dado uma obra a fazer por meio da qual eles crescerão. De que vale orar quando há necessidade de trabalhar? A questão é: Estão eles buscando salvar almas por quem Cristo morreu? O crescimento espiritual depende de transmitirmos a outros a luz que Deus nos deu. Deveis estar dispostos a fazer o melhor no trabalho ativo de bem, e somente o bem, em vossa família, em vossa igreja, e entre vossos vizinhos.

Em lugar da crescente ansiedade com o pensamento de que não estais crescendo na graça, fazei justamente todo dever que se vos apresente, impressionai-vos com a situação espiritual dos perdidos e por todos os meios concebíveis buscai salvá-los. Sede bondosos, corteses, compassivos; falai humildemente da bem-aventurada esperança; falai do amor de Jesus; dizei de Sua bondade, Sua misericórdia, e Sua justiça; e cessai de lastimar quanto a se estais ou não crescendo. As plantas não crescem mediante algum esforço consciencioso. … A planta não está em contínua apreensão acerca de seu crescimento; cresce simplesmente sob a supervisão de Deus. — The Youth’s Instructor, 3 de Fevereiro de 1898.

Se consagrarmos o coração e a mente ao serviço de Deus, fazendo a obra que Ele nos incumbiu de fazer, e andando nos passos de Jesus, nosso coração se tornará numa harpa sagrada, cujas cordas todas louvam e agradecem o Cordeiro enviado de Deus para tirar os pecados do mundo. …

O Senhor Jesus é nossa força e felicidade, o grande celeiro do qual, em qualquer ocasião, os homens podem tirar força. Ao estudá-Lo, ao falar dEle, tornamo-nos mais e mais capacitados para imitá-Lo — à medida que nos aproveitamos de Sua graça e recebemos as bênçãos que nos oferece, temos alguma coisa com que auxiliar a outros. Cheios de gratidão, comunicamos aos outros as bênçãos que de graça nos têm sido concedidas. Assim recebendo e repartindo, crescemos em graça. — The Signs of the Times, 22 de Outubro de 1896.

Deixe uma resposta

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?