Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Uma obra de reforma

Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas. Todo vale será aterrado, e nivelados todos os montes e outeiros; os caminhos tortuosos serão retificados, e os escabrosos, aplanados. Lucas 3:4, 5.

A obra de reforma aqui exposta por João — o purificar o coração, a mente e a alma — é grandemente necessária por parte de muitos que professam hoje ter fé em Cristo. Práticas erróneas toleradas necessitam ser afastadas; caminhos tortuosos precisam ser endireitados, e aplainados os caminhos escabrosos. Montanhas e montes da estima própria e do orgulho devem ser nivelados. Há necessidade de produzir “frutos dignos de arrependimento”. Mateus 3:8. Quando esta obra for feita na experiência do crente povo de Deus, “toda carne verá a salvação de Deus”. Lucas 3:6. “Por seus frutos os conhecereis” (Mateus 7:16), Cristo disse. …

O fato de termos o nome nos livros da igreja não nos assegura a entrada no reino do Céu. Deus pergunta: Tendes usado vossas oportunidades para o serviço e para o desenvolvimento do caráter cristão? Tendes negociado fielmente com os bens de Deus? Conhecendo a vontade de Deus a vosso respeito, tendes a ela obedecido? Haveis procurado beneficiar e abençoar os que necessitam auxílio e encorajamento? …

Não há nenhum ser humano no mundo que não produz fruto de alguma espécie, ou bom ou mau; e Cristo tem tornado possível a cada pessoa produzir o mais precioso fruto. Obediência às reivindicações de Deus, submissão à vontade de Cristo, produzirão na vida os preciosos frutos da justiça. Os habitantes deste mundo são caros à família de Deus. … Ele deu o mais rico dom que o Céu podia conceder, a fim de que os homens e mulheres pudessem voltar-se de sua rebelião à lei de Deus, e aceitar no coração e na vida os princípios do Céu. Se os homens reconhecessem o dom, e aceitassem o Seu sacrifício, suas transgressões seriam perdoadas, e a graça de Deus ser-lhes-ia concedida para ajudá-los a produzir na vida os preciosos frutos da santidade.

“Toda árvore boa produz bons frutos.” Mateus 7:17. Temos de representar diante do mundo princípios puros, ambições santas, nobres aspirações, que nos distinguirão de todas as outras pessoas, tornando-nos nação separada, povo peculiar. — The Review and Herald, 22 de Abril de 1909.

Deixe uma resposta

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?