Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Uma mão em Cristo e a outra nos pecadores

[…] Tive por necessidade escrever-vos e exortar-vos a batalhar pela fé que uma vez foi dada aos santos (Judas, versículo 3).

Com uma mão devem os obreiros apoderar-se de Cristo, enquanto com a outra devem apanhar pecadores e atraí-los ao Salvador. — The Review and Herald, 10 de setembro de 1902.
Num sonho que me foi dado a 29 de setembro de 1886, eu andava com um grande grupo que estava à procura de amoras silvestres. […] Assim passou o dia, e bem pouco se havia feito. Afinal eu disse: “Irmãos, vocês chamam a isso uma expedição malsucedida. Se essa é a maneira como trabalham, não admiro sua falta de êxito. Seu sucesso ou fracasso depende da forma com que executam a tarefa. Há frutas aqui; eu as encontrei. Alguns de vocês procuraram nos pés baixos, em vão; outros encontraram algumas; mas os arbustos grandes foram passados por alto, simplesmente porque não esperavam encontrar frutas ali. Veem que as frutas que eu apanhei são grandes e maduras. Dentro em pouco outras amadurecerão, e podemos voltar a percorrer esses arbustos. Foi essa a forma em que fui ensinada a apanhar frutas. Se vocês houvessem procurado perto do carro, teriam encontrado da mesma maneira que eu as achei. […] O Senhor tem colocado esses arbustos frutíferos mesmo no meio desses lugares densamente povoados, e espera que os encontrem. Mas vocês têm estado todos muito ocupados em comer e se divertir. Não vieram ao campo com a sincera decisão de encontrar frutas. […] [Vocês] devem ser diligentes, primeiro para apanhar as frutas que estão mais próximas, e depois procurar as que se encontram mais afastadas; em seguida poderão voltar e trabalhar perto outra vez, e assim serão bem-sucedidos. — Obreiros evangélicos, pp. 136-139.

Deixe uma resposta

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?