Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Um tempo de decisão!

“Escolhei, hoje, a quem sirvais. Josué 24:15.”

O mundo hoje em dia está desvairado: a insanidade apoderou-se de homens e mulheres, e os está impelindo para a ruína eterna. Predominam condescendências de toda a espécie, e os homens tornaram-se tão obcecados pelo vício que não atenderão a advertências ou apelos.

O Senhor diz aos habitantes da Terra: “Escolhei hoje a quem sirvais.” Todos estão agora decidindo seu destino eterno. Os homens precisam ser despertados para compreender a solenidade do tempo, a proximidade do dia em que terminará o período de graça para os seres humanos. Deus não dá a pessoa alguma a mensagem de que levará cinco, dez ou vinte anos para terminar a história terrestre. Ele não quer dar a nenhum ser vivente um pretexto para adiar a preparação para o Seu aparecimento. Não quer que ninguém diga o mesmo que o servo infiel: “O meu Senhor tarde virá” (Mateus 24:48), pois isto conduz a temerária negligência das oportunidades e privilégios concedidos para nos prepararmos para esse grande dia. Todo o que pretende ser um servo de Deus é convidado a realizar o Seu serviço como se cada dia fosse o último. …

Falai a respeito do rápido aparecimento do Filho do homem nas nuvens do céu, com poder e grande glória. Não adieis aquele dia. …

Aqui está o grande fardo a ser levado por toda pessoa. Estão perdoados os meus pecados? Cristo, o portador de pecados, removeu a minha culpa? Tenho um coração limpo, purificado pela justiça de Cristo? Ai de toda pessoa que não está buscando refúgio em Cristo! Ai de todos os que de qualquer maneira desviarão a mente da obra, induzindo alguém a ser menos vigilante atualmente! …

A grande obra de que a mente não deve ser desviada é a consideração de nossa segurança pessoal à vista de Deus. Estão os nossos pés firmados na Rocha dos Séculos? Estamo-nos abrigando no único Refúgio? Com fúria inexorável aproxima-se a tormenta. Estamos nós preparados para enfrentá-la? Somos um com Cristo, assim como Ele é um com o Pai? Somos nós herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo? …

O caráter de Cristo deve ser o nosso caráter. Devemos ser transformados pela renovação de nosso coração. Aqui está nossa única segurança. Nada pode separar de Deus um vivo cristão. — The Review and Herald, 27 de Novembro de 1900.

Ano Bíblico: I Reis 1 e 2. – Juvenis: I Sam. 31.

Deixe uma resposta

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?