Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Um chamado a todas as profissões humanas

A ti, pois, ó filho do homem, te constituí por atalaia sobre a casa de Israel; tu pois ouvirás a palavra da Minha boca, e lha anunciarás da Minha parte (Ezequiel 33:7).

Os membros da igreja não são todos chamados a trabalhar em terras estrangeiras, mas todos têm uma parte a desempenhar na grande obra de comunicar luz ao mundo. O evangelho de Cristo é ativo e difusivo. No dia de Deus ninguém será desculpado de se haver limitado a seus próprios interesses egoístas. Há trabalho para todas as mentes e todas as mãos. Existe uma variedade de trabalho, adaptado a mentalidades diversas e variadas aptidões. — Historical Sketches of the Foreign Missions of the Seventh Day Adventist, pp. 290 e 291.

12 — Idem.

Não estamos, como cristãos, fazendo a vigésima parte do que deveríamos fazer para ganhar almas para Cristo. Há um mundo por ser advertido, e todo cristão sincero deve ser um guia e exemplo para outros, em fidelidade, em suportar a própria cruz, em pronta e vigorosa ação, em inabalável fidelidade à causa da verdade, e em sacrifícios e trabalhos para promover a causa de Deus. — The Review and Herald, 23 de agosto de 1881.

A todos quantos se tornam participantes de Sua graça, o Senhor indica uma obra em benefício de outros. Cumpre-nos estar, individualmente, em nosso posto, dizendo: “Eis-me aqui, envia-me a mim” (Isaías 6:8). Sobre o ministro da Palavra, a enfermeira missionária, o médico cristão, o cristão individualmente, seja ele comerciante ou fazendeiro, profissional ou mecânico — sobre todos repousa a responsabilidade. É nossa obra revelar aos homens o evangelho de sua salvação. Todo empreendimento em que nos empenhemos deve ser um meio para esse fim. — A ciência do bom viver, p. 148.

Deixe uma resposta

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?