Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Tradição e obediência à lei de Deus

Os homens mais cultos nos dias de Cristo — filósofos, legisladores, sacerdotes, com todo o seu orgulho e superioridade — não podiam interpretar o caráter de Deus. … Quando, na plenitude do tempo, Cristo veio ao nosso mundo, estava ele entenebrecido e maculado pela maldição da apostasia e impiedade espiritual. Os judeus se haviam envolvido com o negro manto da incredulidade. Não guardavam os mandamentos de Deus. … 

Aqueles a quem Ele se dirigia, consideravam-se superiores a todos os outros povos. Vangloriavam-se orgulhosamente de que a eles haviam sido confiados os oráculos de Deus. A Terra suspirava por um mestre enviado de Deus, mas quando Ele veio assim como os oráculos vivos especificavam que viria, os sacerdotes e instrutores do povo não puderam discernir que era Ele o seu Salvador, nem puderam entender a maneira de Sua vinda. Não acostumados a aceitar a Palavra de Deus exatamente como estava escrita, ou a permitir que fosse sua própria intérprete, eles a liam à luz de suas máximas e tradições. Por tanto tempo haviam negligenciado estudar e esquadrinhar a Bíblia, que suas páginas lhes eram um mistério. Volveram-se com aversão da verdade de Deus para as tradições dos homens. 

A nação judaica havia atingido um tempo crítico em sua história. Muita coisa estava em jogo. Recuaria a ignorância humana? Haveria fome de um conhecimento mais profundo de Deus? Transformar-se-ia essa sede num anelo pela bebida espiritual, assim como a sede de Davi se tornara um anseio pela água do poço de Belém? Volver-se-iam os judeus da influência de falsos mestres, que lhes haviam pervertido os sentidos, e clamariam a Deus por instrução divina?… 

Quando Cristo veio como ser humano, uma inundação de luz se derramou sobre o mundo. Muitos O teriam recebido alegremente, escolhendo andar na luz, se tão-somente os sacerdotes e governantes tivessem sido leais a Deus e guiado o povo corretamente, dando-lhes uma legítima interpretação das verdades da Palavra. Mas por tanto tempo haviam os líderes aplicado mal as Escrituras, que o povo foi desencaminhado por falsidades. … 

Os judeus, como nação, recusaram-se a aceitar a Cristo. Afastaram-se do único Ser que poderia tê-los salvado da ruína eterna. Um semelhante estado de coisas existe hoje no assim chamado mundo cristão. Pessoas que alegam compreender as Escrituras estão rejeitando a lei de Deus e exercendo uma forte e decidida influência contra ela. … Qual é o resultado? Observe o rumo da juventude que cresce ao nosso redor. — Manuscrito 24, 1891; Manuscript Releases 19:252-254. 

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?