Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Tempo de Ser Pesado na Balança

“O Senhor é o Deus da sabedoria, e pesa todos os feitos na balança”. 1 Sam. 2.3.

Vi um anjo com balanças na mão, pesando os pensamentos e interesses do povo de Deus, especialmente dos jovens. Num prato estavam os pensamentos e interesses que tendiam para o Céu, no outro achavam-se os que se inclinavam para a Terra. E nessa balança era lançada toda leitura de livros de histórias, pensamentos acerca do vestuário e exibição, vaidade, orgulho, etc. oh! que momento solene! Os anjos de Deus de pé com balanças, pesando os pensamentos de Seus professas filhos aqueles que pretendem estar mortos para o mundo e vivos para Deus!

O prato cheio dos pensamentos da Terra, vaidade e orgulho, desceu rapidamente, e não obstante peso após peso rolou do prato. O que continha os pensamentos e interesses tendentes ao Céu subiu ligeiro enquanto o outro descia e, Ho! quão leve estava ele! Posso relatar isto segundo o vi, mas nunca poderei dar a impressão solene e vivida gravada em minha mente, ao ver eu o anjo com a balança pesando os pensamentos e interesses do povo de Deus. Disse o anjo. “Podem esses entrar no Céu? Não, não, nunca. Diga-lhes que a esperança que agora possuem é vã, e a menos que se arrependam depressa e obtenham a salvação, hão de perecer”….

Vi que muitos se comparam entre eles mesmos, e comparam sua vida com a de outros. Não deve ser assim . Ninguém, senão Cristo, nos é dado como exemplo. Ele é nosso verdadeiro modelo, e todos devem primar por imitá-Lo….

Vi que muitos mal sabem ainda o que seja abnegação ou sacrifício, ou o que seja sofrer por amor da verdade. Mas ninguém entrará no Céu sem fazer algum sacrifício. Cumpre cultivar o espírito de abnegação e sacrifício. Alguns não se sacrificaram a si mesmos, a seu corpo, sobre o altar de Deus. Condescendem com o temperamento colérico, impulsivo, satisfazem os próprios apetites e cuidam dos próprios interesses egoístas, sem consideração para com a causa de Deus. Os que estiverem dispostos a fazer qualquer sacrifício pela vida eterna, tê-la-ão; e vale a pena que sofram por sua causa, que por ela crucifiquemos o próprio eu, e sacrifiquemos todo ídolo. O excelente peso eterno de glória absorve tudo, e eclipsa todo prazer terreno. ITS, 24 e 26.

Ano Bíblico: Lev. 8-10. Juvenis: Êxo. 5

Deixe uma resposta

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?