Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Retardando a apresentação do sábado

Ainda tenho muito que vos dizer, mas vós não o podeis suportar agora (João 16:12).

Você não deve pensar que tem por obrigação introduzir argumentos sobre o assunto do sábado ao se encontrar com as pessoas. Se as pessoas mencionarem o assunto, diga a elas que não é essa a sua presente função. Mas ao entregarem a Deus o coração, a mente e a vontade, então estão sinceramente preparados para julgar as provas relacionadas com estas verdades solenes e que põem à prova. — Carta 77, 1895.
A cautela é necessária; mas enquanto alguns obreiros são cuidadosos e avançam lentamente, se não há pessoas ligadas a eles, as quais veem a necessidade de serem empreendedoras, muito se perderá; passarão as oportunidades, e não se perceberá a providência divina que prepara o caminho.
Quando uma congregação se encontra, com frequência, precisamente no ponto em que o coração está preparado para o assunto do sábado, esse tema é adiado por medo das consequências. Isso tem sido feito, e o resultado não é bom. — Carta 31, 1892.
Ao ter diante de si uma congregação por apenas duas semanas, não adie a apresentação do assunto do sábado até que todo o conjunto da verdade seja apresentado, esperando que, assim, esteja preparando o caminho para isso. Eleve a norma, os mandamentos de Deus, e a fé de Jesus. Faça disso o tema importante. A seguir, por meio de fortes argumentos, dê ainda maior força. Prolongue-se mais no Apocalipse. Leia, explique e reforce o seu ensino.
Nossa campanha é de iniciativa destemida. Finais terríveis estão diante de nós; praticamente iminentes. Subam a Deus as nossas orações para que os quatro anjos ainda segurem os quatro ventos, a fim de que não soprem para danificar nem destruir sem que a última advertência tenha sido dada ao mundo. Trabalhemos, então, em harmonia com as nossas orações. Que nada reduza a força da verdade para esse tempo. Deve a verdade presente ser o nosso encargo. Deve a mensagem do terceiro anjo realizar a sua obra de separar das igrejas um povo que se decidirá em prol dos princípios da verdade eterna. — Testemunhos para a igreja, vol. 6, p. 61.

Deixe uma resposta

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?