Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

“Recebereis poder”

Após a ressurreição, Cristo ascendeu para Seu honroso lugar. Diante do universo celestial e dos mundos não caídos, devia Ele ser entronizado. O pai impressionaria a mente dos crentes com a gloriosa recepção de Seu Filho no lar que Ele deixara. Em nosso favor Se tornara pobre, para que por Sua pobreza enriquecêssemos. … 

Ao ascender Cristo, Suas mãos se estenderam em bênção sobre Seus discípulos. Enquanto olhavam atônitos para o alto, procurando captar o último vislumbre da ascensão do Senhor, foi Ele recebido pela jubilosa hoste celestial de querubins e serafins. Enquanto estes O acompanhavam ao lar celeste, cantavam triunfalmente: “Reinos da Terra, cantai a Deus, salmodiai ao Senhor, Aquele que encima os Céus.” Salmos 68:32. 

Cristo decidira conceder um dom àqueles que haviam estado com Ele e aos que nEle creriam, porque aquela era a ocasião de Sua ascensão e entronização, um jubileu no Céu. Que dom podia Cristo conceder, rico o suficiente para assinalar e Abrilhantar Sua ascensão ao trono intercessório? Devia ser digno de Sua grandeza e realeza. Cristo enviou Seu representante, a terceira pessoa da Trindade, o Espírito Santo. Nada podia superar esse Dom. … 

No dia de Pentecostes, Cristo deu aos discípulos o Espírito Santo como seu Consolador. Devia habitar sempre com Sua igreja. Durante a era patriarcal, a influência desse Espírito fora frequentemente revelada de modo notável, mas não em sua plenitude. O Espírito esperava pela crucifixão, ressurreição e ascensão de Cristo. Durante séculos haviam sido feitas orações pelo cumprimento da promessa, pela comunicação do Espírito; e nem uma dessas fervorosas súplicas fora esquecida. Agora por dez dias fizeram os discípulos suas petições, e Cristo no Céu lhes acrescentou Sua intercessão. Reclamou o dom do Espírito para que pudesse derramá-Lo sobre Seu povo. … Tendo [Cristo] chegado ao Seu trono, o Espírito foi concedido conforme Ele o prometera, e como um vento veemente e impetuoso veio sobre os que estavam reunidos, enchendo toda a casa. Veio com plenitude e poder, como se por séculos essa influência estivesse sendo reprimida, mas agora derramada sobre a igreja, para ser comunicada ao mundo. Que se seguiu a esse derramamento? Milhares se converteram num dia. — Manuscrito 44, 1898. 

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?