Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Primeiro, um coração desocupado

Amarás, pois, ao Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Marcos 12:30, 31.

Desses dois mandamentos dependem todo o interesse e o dever de seres morais. Os que cumprem o seu dever em relação a outros como gostariam que os outros os cumprissem em relação a eles, são postos numa posição em que Deus Se lhes pode revelar. Serão por Ele aprovados. São aperfeiçoados em amor, e seus esforços e oração não serão vãos. Estão de contínuo recebendo da nascente graça e verdade, e com igual liberalidade estão transmitindo a outros a divina luz e salvação que recebem. …

O egoísmo é abominação à vista de Deus e dos santos anjos. Por causa deste pecado muitos têm deixado de alcançar o bem que estão capacitados a desfrutar. Olham com olhos egoístas para suas próprias coisas, e não amam nem buscam o interesse de outros como os seus próprios. Eles invertem a ordem de Deus. Em vez de fazer pelos outros o que gostariam que os outros fizessem por eles, fazem para si mesmos o que desejariam que os outros fizessem para si próprios, e fazem para outros o que menos gostariam de receber de volta. — Testimonies for the Church 2:550, 551.

De que modo podemos crescer na graça? Isto só nos é possível ao esvaziarmos do eu o coração, e apresentá-lo ao Céu, para que seja modelado segundo o padrão divino. Podemos ter uma conexão com o vivo canal de luz; podemos ser refrigerados com o orvalho celestial, e ter os chuveiros do Céu descendo sobre nós. Ao nos apropriarmos da bênção de Deus, estaremos habilitados a receber maiores medidas de graça. Ao aprendermos a ficar firmes como que vendo Aquele que é invisível, seremos mudados na imagem de Cristo. Sua graça não nos fará orgulhosos, não nos levará à exaltação do eu, mas seremos mansos e humildes de coração. — The S.D.A. Bible Commentary 7:947.

Crescer na graça não vos levará a serdes orgulhosos, egoístas, presunçosos, mas tornar-vos-á mais conscienciosos de vosso próprio demérito, de vossa inteira dependência do Senhor. — The Youth’s Instructor, 11 de Agosto de 1892.

Deixe uma resposta

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?