Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Pode ser um teste às famílias

Mês de Setembro:

Métodos para alcançar almas

O Rei responderá: Eu afirmo a vocês que isto é verdade: todas as vezes que vocês deixaram de ajudar uma destas pessoas mais humildes, foi a Mim que deixaram de ajudar (Mateus 25:45 — Nova Tradução na Linguagem de Hoje).

Anos atrás foi-me mostrado que o povo de Deus seria testado na questão de prover um lar para os que não o têm; que haveria muitos sem lar em consequência de crer na verdade. Oposição e perseguição separariam os crentes de seus lares, e seria dever dos que tivessem lar abrir uma ampla porta aos que não o tivessem. Foi-me mostrado recentemente que Deus provaria Seu povo professo especialmente com respeito a este assunto. Cristo Se tornou pobre por amor de nós, para que por Sua pobreza enriquecêssemos. Fez um sacrifício a fim de que pudesse preparar um lar aos que peregrinos e estrangeiros no mundo procuram uma pátria melhor, isto é, a celestial. — Testemunhos para a igreja, vol. 2, pp. 27 e 28.
Crianças sem pai e sem mãe são postas nos braços da igreja, e Cristo diz a Seus seguidores: Tomem essas desamparadas crianças, cuidem delas para Mim e receberão o seu salário. Tenho visto muito egoísmo manifestado nestas coisas. A menos que haja alguma evidência especial de que eles próprios serão beneficiados pela adoção em sua família dos que necessitam de lares, alguns se esquivam, e respondem: Não. Não parecem saber ou se preocupar com o fato de os tais estarem salvos ou perdidos. Isto, pensam, não lhes diz respeito. Como Caim, perguntam: “Sou eu guardador de meu irmão?” Não estão dispostos a se darem ao incômodo ou ao sacrifício pelos órfãos, e indiferentemente entregam-nos aos braços do mundo, que, às vezes, está mais disposto a recebê-los do que esses professos cristãos. No dia de Deus se pedirá contas por estes a quem o Céu lhes deu a oportunidade de salvar. Mas desejavam ser desculpados, e não desejavam empenhar-se na boa obra a não ser que daí resultasse proveito para si. Tem-se-me mostrado que os que recusam essas oportunidades de fazer bem ouvirão de Jesus: “Sempre que o deixastes de fazer a um destes Meus pequeninos, a Mim o deixastes de fazer”. — Beneficência social, p. 220.

Deixe uma resposta

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?