Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Perseguição

Lemos em Lucas que Cristo, na sinagoga de Nazaré, anunciou a Si mesmo como o Ungido, ao ler o profeta Isaías: “O Espírito do Senhor está sobre Mim, pelo que Me ungiu para evangelizar os pobres; enviou-Me para proclamar libertação aos cativos e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos, e apregoar o ano aceitável do Senhor.” Lucas 4:18. … 

Então Satanás sussurrou a sua descrença e [os presentes na sinagoga] disseram: “Não é este o filho de José?” Lucas 4:22. … Quão rapidamente mudaram seus pensamentos, e se encheram de furor e ira porque Jesus expusera diante deles a sua verdadeira apostasia espiritual. Eles, “levantando-se, expulsaram-nO da cidade e O levaram até ao cume do monte sobre o qual estava edificada, para, de lá, O precipitarem abaixo”. Lucas 4:29. Mas Jesus foi protegido em Sua missão pelos anjos celestiais. Passando pelo meio deles sem ser notado, seguiu Seu caminho. … 

Herodes e as ímpias autoridades mataram o Justo, mas Cristo nunca matou ninguém, e podemos atribuir o espírito de perseguição — porque homens e mulheres desejam liberdade de consciência — a seu originador, Satanás. Ele é enganador, mentiroso, assassino, acusador dos irmãos. Deleita-se em ver a desgraça humana. Exulta com a aflição, e ao vermos as cruéis perseguições daqueles que desejam obedecer a Deus segundo os ditames da própria consciência, podemos saber que este é o mistério da iniquidade. … 

Esse conflito se abriu sobre o Filho de Deus. Ele foi afligido, desprezado e rejeitado, um homem de dores e que sabe o que é padecer. A Majestade do Céu teve de deixar a cena de Seus labores repetidas vezes porque Satanás Lhe feria o calcanhar, e finalmente a malignidade do adversário atingiu seu poder supremo quando inspirou e controlou a mente de homens ímpios para O crucificarem. … 

A inimizade de Satanás continuará, feroz e decidida, contra os seguidores de Jesus. Cristo disse a Seus fiéis: “Se Me perseguiram a Mim, também perseguirão a vós outros.” Não pode haver inimizade entre anjos caídos e seres humanos caídos que têm experimentado as obras e o escárnio de Satanás. … O Mal — onde quer que exista, por rejeitar a luz e a verdade e apartar-se do Deus vivo — sempre se coligará contra os justos e obedientes. — Manuscrito 62, 1886.

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?