Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Para o faminto e sedento

Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão fartos. Mateus 5:6. MG 320.1

Oxalá pudésseis conceber os ricos suprimentos de graça e poder que aguardam vossa procura! Os que têm fome e sede de justiça serão satisfeitos. Precisamos maior fé reivindicando de Deus todas as bênçãos necessárias. — Testimonies for the Church 5:17. MG 320.2

A força adquirida na oração a Deus, unida com o esforço individual em educar a mente para responsabilidade e vigilante cuidado, prepara a pessoa para os deveres diários e conserva em paz o espírito em todas as circunstâncias, por difíceis que sejam. As tentações que estamos diariamente expostos tornam a oração uma necessidade. Para que possamos ser guardados pelo poder de Deus mediante a fé, os desejos da mente devem estar de contínuo subindo em silenciosa oração suplicando auxílio, luz, força e conhecimento. Mas reflexão e oração não podem tomar o lugar do intenso e fiel aproveitamento do tempo. Oração e trabalho são ambos requeridos no aperfeiçoamento do caráter cristão. — Testimonies for the Church 4:459. MG 320.3

Precisamos viver uma vida dupla — vida de pensamento e de ação, de oração silenciosa e diligente trabalho. … Deus requer que sejamos cartas vivas, conhecidas e lidas por todos os homens. A alma que, mediante diária e fervorosa oração, se volve a Deus em busca de forças, apoio, poder, terá aspirações nobres, claras percepções da verdade e do dever, elevados desígnios de ação, e constante fome e sede de justiça. — Testemunhos Seletos 2:376. MG 320.4

Compreendamos a fraqueza da humanidade, e vejamos onde o homem falha em sua suficiência própria. Seremos então cheios do desejo de ser justamente o que Deus espera que sejamos: puros, nobres, santificados. Teremos fome e sede da justiça de Cristo. Ser semelhante a Deus será o desejo da alma. Este é o desejo que encheu o coração de Enoque. E dele lemos que andou com Deus. Ele perscrutou o caráter de Deus com um propósito. Não traçou o seu próprio caminho nem determinou sua própria vontade. … Procurou conformar-se com a imagem divina. — The S.D.A. Bible Commentary 1:1087. MG 320.5

Não há desculpa para a apostasia ou desânimo, porquanto todas as promessas de graça celestial se dirigem aos que têm fome e sede de justiça. A intensidade de desejo representada pela fome e sede é um penhor de que será concedido o suprimento almejado. — Testemunhos Seletos 3:193. MG 320.6

Deixe uma resposta

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?