Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Orações Intercessoras Pelas Almas

“Em verdade também vos digo que, se dois dentre vis, sobre a Terra, concordarem a respeito de qualquer coisa que porventura pedirem, ser-lhes-á concedida por Meu Pai que está nos Céus”. S. Mat. 18:19.

Lembro-me de quando havia em Battle Creck os que sentiam responsabilidade pelos não – convertidos, e pelos que se achavam em trevas e não viam nenhuma luz; então eram marcadas reuniões de oração para que pudessem fazer da força de Deus a sua força. Em todos os casos os seres celestiais cooperavam com tais esforços, e almas eram salvas. – MS 32, 1893.

Se há na igreja grande número de membros, convém que se organizem em pequenos grupos a fim de trabalhar, não somente pelos membros da própria igreja, mas também pelos incrédulos. Se num lugar houver apenas dois ou três que conheçam a verdade, organizem-se num grupo de obreiros. Mantenham indissolúvel seu laço de união, apegando-se uns aos outros com amor e unidade, amando-se mutuamente para avançar, adquirindo cada qual ânimo e força de auxílio dos outros. Manifestem eles paciência e longanimidade cristãs, não proferindo palavras precipitadas, mas empregando o talento da palavra para edificar-se uns aos outros na mais santa fé. Trabalhem com amor cristão pelos que se acham fora do redil. … Ao trabalharem e orarem em nome de Cristo, seu número aumentará. – 3TS, 84.

Há uma obra missionária a ser efetuada, e ouvimos o pretexto. Enquanto há tanto pecado e tanta necessidade de labor em nosso próprio pais, por que manifestar tamanho zelo por países estrangeiros? Respondo: Nosso campo é o mundo. … O Salvador ordenou que Seus discípulos inicias- sem sua obra em Jerusalém, prosseguindo então por toda a Judeia e Samaria, e até os e o da Terra. Apenas uma pequena proporção do povo aceitava a doutrina; mas os mensageiros levavam a mensagem rapidamente de uni lugar a outro, percorrendo um país após o outro, erguendo o estandarte do evangelho em todos os contíguos e remotos lugares da Terra. Houve, porém, unia obra preparatória. Dizia a promessa do Salvador: “Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e Seres Minhas testemunhas”. Os que não seguirem sua própria vontade e desejos, mas buscarem o conselho do Senhor, não serão estudantes obtusos, pois o Senhor os instruirá. – Carta 42a, 1893.

Ano Bíblico: Èxo. 37 e 38. Juvenis: Gên. 48 e 49.

Deixe uma resposta

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?