Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Obediência à doutrina não tem nada que ver com conversão

Nicodemos respondeu e disse-lhe: Como pode ser isso? Jesus respondeu e disse-lhe: Tu és mestre de Israel e não sabes isso? (João 3:9 e 10)

Todas as pessoas, tanto de origem elevada como de origem humilde, se não estão convertidas, estão no mesmo pé de igualdade. Podem os homens ir de uma doutrina para outra. Isso está sendo feito e continuará assim. Podem os papistas abandonar o catolicismo pelo protestantismo sem que nada saibam do significado das palavras: “Eu vos darei um coração novo”. A aceitação de teorias novas e a filiação a uma igreja não produzem em pessoa nenhuma vida nova, mesmo que essa igreja tenha sido construída sobre o alicerce verdadeiro. A ligação a uma igreja não substitui a conversão. A aceitação do credo de uma igreja não tem valor algum para quem quer que seja se o coração não estiver verdadeiramente transformado. […] Precisamos ter mais do que uma crença intelectual na verdade. Muitos dos judeus estavam convencidos de que Jesus era o Filho de Deus, mas eram orgulhosos e ambiciosos demais para render-se. Decidiram resistir à verdade, e mantiveram sua posição. Não receberam no coração a verdade tal qual é em Jesus. Quando a verdade é aceita como verdade unicamente pela consciência; quando o coração não é estimulado e sensibilizado, só a mente é influenciada. Mas quando a verdade é recebida como verdade pelo coração, passou pela consciência e conquistou a alma com seus princípios puros. É posta no coração pelo Espírito Santo, que revela à mente sua formosura, para que sua força transformadora se manifeste no caráter. — The Review and Herald, 14 de fevereiro de 1899.
Na obra de resgatar as almas perdidas que perecem, não é o homem quem executa a tarefa de salvá-las; Deus é quem com ele trabalha. Tanto Deus como o homem atuam. “Sois coobreiros de Deus”. Temos que trabalhar de diferentes maneiras e criar vários métodos, e permitir que Deus atue em nós para revelar a verdade e a Ele como Salvador que perdoa o pecado. — Carta 20, 1893.

Deixe uma resposta

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?