Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

O triste exemplo de uma obra inacabada

Enviaram, pois, os homens de Gibeão a Josué ao arraial de Gilgal, dizendo: Não retires as tuas mãos de teus servos; sobe apressadamente a nós, e livra-nos, e ajuda-nos, porquanto todos os reis dos amorreus que habitam na montanha se ajuntaram contra nós (Josué 10:6).

Ora, vou simplesmente mencionar minha experiência. Depois de eu desembarcar em solo americano, vindo da Europa, não fui para uma casa, mas para um hotel e tomei minha refeição, e depois fui para _____. Era o lugar por excelência para o qual deviam ter sido feitos planos para lá deixar alguém que concluísse a obra. Havia um povo rico e profundamente convicto. Era admirável o interesse que se manifestava ali. O povo ia às reuniões para escutar com lágrimas nos olhos; estavam profundamente impressionados; mas o caso foi abandonado sem pessoa alguma que favorecesse o interesse; antes deixaram que tudo desandasse. Essas coisas não agradam a Deus. Ou estamos nos estendendo por terreno demasiado vasto e nos propondo fazer muito, ou as coisas não estão sendo organizadas como deviam ser. — Manuscrito 19b, 1890.
Ministros que não são homens de piedade vital, que criam um interesse entre o povo, mas abandonam a obra inacabada, deixam um campo dificílimo para outros penetrarem e concluírem o trabalho que eles deixaram de completar. Esses homens serão provados; e se não fizerem sua obra mais fielmente, hão de, após prova posterior, serem postos à margem como inúteis ocupantes do terreno, atalaias infiéis. — Testemunhos para a igreja, vol. 4, p. 317.
Coisa alguma é tão desanimadora para o avançamento da verdade presente como o trabalho feito a esmo por alguns dos ministros em prol das igrejas. Necessita-se serviço fiel. As igrejas estão prestes a perecer, por não se acharem fortalecidas na semelhança com Cristo. O Senhor não está satisfeito com a maneira frouxa em que são deixadas as igrejas porque os homens não são fiéis mordomos da graça de Deus. Não recebem Sua graça, e portanto não a podem comunicar. As igrejas estão fracas e doentias devido à infidelidade dos que deviam trabalhar entre elas, cujo dever é geri-las, cuidando das almas como aqueles que devem dar contas delas. — Manuscrito 8a, 1888.

Deixe uma resposta

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?