Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

O trabalho produz disposição e ânimo

Saindo outra vez, perto da hora sexta e nona, fez o mesmo. 6 E, saindo perto da hora undécima, encontrou outros que estavam ociosos e perguntou-lhes: Por que estais ociosos todo o dia? (Mateus 20:5 e 6).

Cristo envia sempre mensagens aos que estão atentos à Sua voz. Na noite da agonia, no Getsêmani, os discípulos adormecidos não ouviram a voz de Jesus. Tinham um sentimento obscuro da presença dos anjos, mas não se deram conta do poder e glória da cena. Devido ao seu torpor e sonolência, não receberam a evidência que lhes teria fortalecido a alma para as terríveis cenas que ocorreriam. Hoje, da mesma sorte, os que têm mais necessidade da instrução divina não a recebem, muitas vezes, porque não se põem em comunhão com o Céu. — A ciência do bom viver, p. 509.

Meus irmãos e minhas irmãs, desejam vocês romper o encanto que os prende? Querem despertar dessa indolência que se assemelha ao torpor da morte? Trabalhem, quer se sintam dispostos a isso, quer não. Empenhem-se em esforço pessoal para levar almas a Jesus e ao conhecimento da verdade. Em tal trabalho, vocês encontrarão tanto um estímulo como um tônico; ele a um tempo despertará e fortalecerá. Mediante exercício, as faculdades espirituais de vocês se tornarão mais vigorosas, de modo que poderão, com mais êxito, operar sua própria salvação. O torpor da morte apoderou-se de muitos professos cristãos. Façam todo esforço para despertá-los. Advirtam, insistam, questionem. Orem para que o enternecedor amor de Deus aqueça e abrande as naturezas deles, tomadas de gelidez. Se bem que se recusem a ouvir, não será debalde o esforço de vocês. No empenho de beneficiar a outros, a própria alma de vocês será beneficiada. — Testemunhos seletos, vol. 2, pp. 128 e 129.

O motivo por que tantos são abandonados a si mesmos em lugares de tentação é não terem o Senhor constantemente diante dos olhos. Quando permitimos que nossa comunhão com Deus seja quebrada, ficamos sem defesa. Todos os bons objetivos e boas intenções que, porventura, vocês tiverem, não os tornarão preparados para resistir ao mal. Vocês devem ser homens e mulheres de oração. — A ciência do bom viver, p. 510.

Deixe uma resposta

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?