Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

O primeiro mártir cristão

Estêvão foi o primeiro mártir cristão. … Os inimigos de Deus e da verdade se sentiam instigados pelo ódio e a oposição. Satanás os impelia a resistir à verdade. Estêvão teve de enfrentar com argumentos os mais astuciosos e ardilosos contendores, esperando confundir e derribar seus argumentos. Se Estêvão não tivesse esquadrinhado as Escrituras e se fortalecido com as provas da Palavra de Deus, não teria suportado a prova; mas ele conhecia o fundamento de sua fé e ficou firme, pronto para responder a seus oponentes. 

Estêvão saiu vitorioso. Falou com segurança, sabedoria e poder que assombraram e confundiram os inimigos da verdade. Quando se viram desconcertados e derrotados a cada tentativa, decidiram destruí-lo. Estivessem esses professamente honestos e sábios homens realmente em busca da verdade, teriam admitido as evidências que não podiam contestar. … Mas não era esse o seu propósito ou caráter. Odiavam a Cristo, odiavam a todos os Seus seguidores, e executaram a Estêvão. — Manuscrito 17, 1885. 

Estêvão, um homem amado por Deus, e alguém que trabalhava para conquistar pessoas para Cristo, perdeu a vida porque apresentava um triunfante testemunho do Salvador crucificado e ressurreto. O registro declara que ele era cheio de fé e poder, e fazia grandes prodígios e milagres entre o povo. … Mas o espírito que se havia manifestado em amarga oposição ao Redentor do mundo ainda operava nos filhos da desobediência. O ódio que os inimigos da verdade haviam demonstrado para com o Filho de Deus, revelavam em seu ódio para com os seguidores dEle. … 

Na luz que viram no rosto de Estêvão, as autoridades tinham evidências de Deus. Mas desprezaram as evidências. Ah, quem dera que ouvissem! Quem dera que se arrependessem! Mas não quiseram; e a reprovação de Deus saiu dos lábios da fiel testemunha: “Homens de dura cerviz e incircuncisos de coração e de ouvidos, vós sempre resistis ao Espírito Santo; assim como fizeram vossos pais, também vós o fazeis.” Atos dos Apóstolos 7:51. … 

Aqui dois exércitos estavam em combate, o exército do Céu e o exército de falsos zelotes religiosos. De que lado se colocaria esse grupo dali para a frente? Ainda era possível que se arrependessem e fossem perdoados, mesmo depois de terem cometido esse terrível mal contra Cristo na pessoa de Seu santo. — Manuscrito 11, 1900.

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?