Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

O passado também é para o nosso tempo

Nunca estamos ausentes da mente de Deus. Ele é nossa alegria e salvação. Cada um dos antigos profetas falou menos para o seu tempo do que para o nosso, de modo que suas profecias estão em vigor para nós. 1 Coríntios 10:11. A Bíblia tem sido seu livro de estudos. Isso está certo, pois é ela o verdadeiro conselho de Deus e é o conduto de todas as santas influências que o mundo tem recebido desde sua criação. Temos o animador relato de que Enoque andou com Deus. Se Enoque andou com Deus naquela época degenerada justamente antes da destruição do mundo pelo dilúvio, devemos receber ânimo e ser estimulados com esse exemplo de que não precisamos contaminar-nos com o mundo mas, em meio a todas as corruptoras influências e tendências, podemos andar com Deus. Podemos ter a mente de Cristo. 

Enoque, o sétimo depois de Adão, já profetizava a vinda do Senhor. Esse grande evento lhe fora revelado em visão. Abel, embora morto, está sempre falando do sangue de Cristo, o único que pode tornar perfeitas as nossas ofertas e dádivas. A Bíblia tem reunido e acumulado seus tesouros para esta última geração. Todos os grandes eventos e solenes operações da história do Antigo Testamento se repetiram e estão a repetir-se na igreja destes últimos dias. Lá está Moisés ainda falando, ensinando a renúncia ao desejar ver-se riscado do livro da vida em favor de seu povo, para que pudessem ser salvos. Davi conduz a intercessão da igreja em favor da salvação de pessoas até aos confins da Terra. Os profetas ainda testificam dos sofrimentos de Cristo e da glória que viria. Ali todas as verdades acumuladas se apresentam a nós com força, para que possamos beneficiar-nos com seus ensinos. Estamos sob a influência do todo. 

Que tipo de pessoas devemos ser nós, a quem se deu toda essa rica luz como herança? Concentrando toda a influência do passado com a nova e maior luz do presente, é concedido um poder acumulado a todos os que seguem a luz. Sua fé aumentará e será exercitada no tempo presente, despertando uma energia e um fervor intensamente dilatados, mediante a dependência do poder de Deus para encher o mundo e enviar a luz do Sol da Justiça aos confins da Terra. Deus enriquecerá o mundo nestes últimos dias proporcionalmente ao aumento da iniquidade, se Seu povo tão-somente lançar mão de Seu inestimável dom e unir com Ele os seus interesses. — Carta 74a, 1897.

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?