Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

O crente deve ser forte no Senhor

O verdadeiro cristianismo será sempre agressivo e, onde quer que exista, suscitará inimizade. Todos os que vivem uma vida conscienciosa, que dão testemunho das reivindicações de Deus, do mal do pecado e do juízo por vir, serão chamados perturbadores de Israel. Aqueles cujo testemunho desperta apreensão na mente, ofendem o orgulho e suscitam oposição. O ódio do mal contra o bem existe tão certamente quanto nos dias de Cristo, quando as multidões clamaram: “Fora com este! Solta-nos Barrabás!” Lucas 23:18. Não existe nenhum tipo de mal em nosso mundo a não ser aquele que alguns têm interesse em manter. O mal está sempre guerreando contra o bem. E já que sabemos que o conflito com o príncipe das trevas é constante e sempre severo, unamo-nos na guerra. Cessem de guerrear contra os de sua própria fé. Que ninguém ajude Satanás em sua obra. Temos numa outra direção tudo o que podemos fazer. … 

A primeira coisa registrada na história escriturística após a queda foi a perseguição de Abel. E a última coisa na profecia bíblica é a perseguição contra aqueles que se recusam a receber a marca da besta. Deveríamos ser as últimas pessoas na Terra a condescender, no menor grau que seja, com o espírito de perseguição contra os que levam a mensagem de Deus ao mundo. … 

Uma piedade passiva não serve para este tempo; que a passividade se manifeste onde é necessária — na paciência, bondade e longanimidade. Mas devemos apresentar uma decidida mensagem de advertência ao mundo. O Príncipe da paz assim proclamou Sua obra: “Não vim trazer paz [à Terra], mas espada.” Mateus 10:34. O mal precisa ser atacado; deve-se fazer com que a falsidade e o erro apareçam em seu verdadeiro caráter; o pecado precisa ser denunciado; e o testemunho de todos os crentes na verdade deve ser um. Todas as pequenas diferenças, que despertam o espírito combativo entre irmãos e irmãs, são estratagemas de Satanás para desviar a mente da grande e imponente questão diante de nós. … 

Aqueles que professam crer nas verdades especiais para este tempo necessitam ser convertidos e santificados pela verdade. Como cristãos, somos feitos depositários da sagrada verdade e não devemos conservá-la no pátio, mas trazê-la para o santuário da alma. Então a igreja, em todas as partes, possuirá divina vitalidade. … Uma questão será todo-absorvente: Quem se aproximará mais da semelhança com Cristo? Quem fará mais para conquistar pessoas para a justiça? Quando isso se tornar a ambição dos crentes, as contendas terminarão; a oração de Cristo terá sido atendida. — Carta 25b, 1892.

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?