Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Nos deveres necessários da vida

Porém em nada considero a vida preciosa para mim mesmo, contanto que complete a minha carreira e o ministério que recebi do Senhor Jesus para testemunhar o evangelho da graça de Deus. Atos dos Apóstolos 20:24.

Vossa força espiritual e vosso crescimento na graça serão proporcionais ao trabalho de amor e de boas obras que fizerdes alegremente por vosso Salvador, o qual nada reteve; nem mesmo a vida, para que fôsseis salvos. …

Somente nossas boas obras são salvarão qualquer de nós, mas não podemos ser salvos sem elas. E depois de havermos feito tudo que podemos fazer, no nome e na força de Jesus Cristo devemos dizer: “Somos servos inúteis.” Lucas 17:10. — Testimonies for the Church 4:228.

Se tendes no coração as riquezas da graça de Cristo, não as conservareis para vós mesmos uma vez que a salvação dos homens depende do conhecimento do caminho da salvação, o qual estais em condições de dar. As pessoas talvez não vão ter convosco para vos falar dos anseios de seu coração; muitos, porém, estão famintos, insatisfeitos; e Cristo morreu para que pudessem ter as riquezas de Sua graça. Que fareis para que possam participar das bênçãos que fruís? … — The Review and Herald, 6 de Janeiro de 1910.

O crescimento na graça manifesta-se na aumentada aptidão para trabalhar por Deus. Aquele que aprende na escola de Cristo saberá como orar, e como falar pelo Mestre. Reconhecendo que lhe falta sabedoria e experiência, colocar-se-á sob a disciplina do Grande Mestre, sabendo que só assim poderá alcançar a perfeição no serviço de Deus. E dia a dia se tornará mais habilitado a compreender as coisas espirituais. Cada dia de diligente tarefa o encontra, ao seu término, mais apto a ajudar os outros. — The Review and Herald, 29 de Abril de 1909.

A lição essencial da operosidade, satisfeita nos necessários deveres da vida, tem ainda de ser aprendida por muitos dos seguidores de Cristo. Requer mais graça, mais severa disciplina de caráter trabalhar para Deus na qualidade de mecânico, negociante, advogado ou agricultor, introduzindo os preceitos do cristianismo nas ocupações comuns da vida, do que desempenhar as funções de reconhecimento missionário no campo de ação. Requer vigorosa fibra espiritual introduzir a religião na oficina de trabalho e no escritório dos negócios, santificando os pormenores da vida diária, e ordenando toda transação segundo a norma da Palavra de Deus. Mas é isso que o Senhor exige. — Conselhos aos Professores, Pais e Estudantes, 279.

Deixe uma resposta

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?