Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Não um substituto para a lei

E daí? Havemos de pecar porque não estamos debaixo da lei e sim da graça? De modo nenhum! Romanos 6:15.

É engano de Satanás que a morte de Cristo trouxe a graça para tomar o lugar da lei. A morte de Jesus não mudou, não anulou, ou diminuiu no menor ponto a lei dos Dez Mandamentos. A preciosa graça oferecida aos homens mediante o sangue do Salvador, estabelece a lei de Deus. Desde a queda do homem, o governo moral de Deus e Sua graça são inseparáveis. Andam de mãos dadas em todas as dispensações. — The Review and Herald, 8 de Março de 1881.

O evangelho do Novo Testamento não é a norma do Antigo Testamento rebaixada para favorecer o pecador e salvá-lo em seus pecados. Deus requer obediência de todos os Seus súditos, inteira obediência a todos os Seus mandamentos. — The S.D.A. Bible Commentary 6:1072.

Jesus foi tentado em todos os pontos em que nós o somos, para que soubesse como socorrer os que são tentados. Sua vida é nosso exemplo. Ele mostra por Sua voluntária obediência que o homem pode guardar a lei de Deus, e que é a transgressão da lei, não a obediência a ela, que leva à escravidão. …

O homem, que desfigurou a imagem de Deus em sua alma por uma vida corrupta, não pode, mediante simples esforço, efetuar radical mudança em si mesmo. Ele precisa aceitar as provisões do evangelho; tem de reconciliar-se com Deus mediante obediência a Sua lei e fé em Jesus Cristo. Sua vida daí em diante precisa ser governada por um novo princípio. … Ele deve contemplar-se no espelho — a lei de Deus — identificar os defeitos em seu caráter moral, e abandonar os seus pecados, lavando as vestiduras do caráter no sangue do Cordeiro. …

A influência de uma esperança evangélica não levará o pecador a considerar a salvação de Cristo como uma questão de livre graça, ao mesmo tempo em que continua a viver transgredindo a lei de Deus. Quando a luz da verdade nasce em seu espírito e ele compreende plenamente as reivindicações de Deus e percebe a extensão de suas transgressões, reformará os seus caminhos, tornar-se-á leal a Deus mediante o fortalecimento obtido em seu Salvador, e levará uma vida nova e pura. — Testimonies for the Church 4:295.

A obra do evangelho não é debilitar as reivindicações da santa lei de Deus, mas levar os homens ao ponto em que possam guardar os seus preceitos. — The S.D.A. Bible Commentary 6:1073.

Deixe uma resposta

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?