Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Não pregue uma mensagem fast-food

Então, me disse: Filho do homem, eis que eu torno instável o sustento de pão em Jerusalém, e comerão o pão por peso e com desgosto; e a água beberão por medida e com espanto (Ezequiel 4:16).

Guarde suas histórias para si mesmo. As pessoas não sentem fome espiritual delas, mas querem o pão da vida, a palavra viva que permanece para sempre. Que tem a palha com o trigo? — Carta 61, 1896.
Depois de haver sido feito bom trabalho, as pessoas que foram despertas para o reconhecimento do pecado, devem ser ensinadas a apegarem-se ao braço do Senhor. Mas se as boas impressões causadas não são seguidas de esforços sinceros e ardentes, nenhum bem permanente é realizado. Poderia o resultado ser muito diferente, se um desejo de divertimento não desviasse a mente da contemplação de coisas sérias. […] Não deve o divertimento ser entretecido com a instrução das Escrituras. Ao ser feito isso, os ouvintes, divertidos com alguma vulgar tolice, perdem o peso da convicção. Passa a oportunidade, e ninguém é atraído pelas cordas de amor do Salvador. — Manuscrito 83, 1901.
As mensagens da verdade devem ser mantidas inteiramente isentas de palavras vulgares e comuns de expediente humano. Sendo assim, impressões convincentes são feitas nos corações. Não acalentem os nossos ministros a ideia de que devam apresentar alguma coisa nova e estranha, nem que as expressões vulgares e comuns lhes darão influência. Têm os ministros que ser porta-vozes de Deus, e devem eliminar de seus discursos toda expressão vulgar ou comum. Sejam eles cuidadosos de que, ao buscarem, em seu discurso, produzir riso, não desonrem a Deus.
Nossa mensagem é solene e sagrada, e devemos vigiar em oração. As palavras pronunciadas devem ser de caráter tal que por meio delas Deus possa fazer impressão sobre o coração e o intelecto. Que os ministros do evangelho sejam santificados pela verdade. — Carta 356, 1906.

Deixe uma resposta

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?