Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Não desperdice nenhum momento

Ó preguiçoso, até quando ficarás deitado? Quando te levantarás do teu sono? (Provérbios 6:9).

Deus não emprega homens ou mulheres preguiçosos em Sua causa; Ele quer obreiros atenciosos, bondosos, afetivos e diligentes. O esforço ativo fará bem a nossos pregadores. […] As pessoas que não adquiriram hábitos de estrita operosidade e economia de tempo devem ter regras estabelecidas para as estimular à regularidade e à presteza. George Washington [o primeiro presidente dos Estados Unidos] foi habilitado a realizar grande quantidade de atividades, porque era exato em conservar a ordem e a regularidade. Cada papel tinha sua data e seu lugar, e tempo algum era perdido em procurar o que não estava no lugar designado.
Homens e mulheres de Deus precisam ser diligentes no estudo, esforçados na aquisição de conhecimentos, nunca desperdiçando tempo. […] Mediante esforços perseverantes, podem atingir quase qualquer grau de distinção como cristãos, como pessoas de poder e influência. Muitos, porém, nunca alcançarão uma posição superior no púlpito ou nos negócios, devido a sua instabilidade de propósito, e à frouxidão dos hábitos contraídos na juventude. Uma descuidada negligência será vista em tudo que empreenderem. Um súbito esforço aqui e ali não é suficiente para efetuar uma transformação nesses amantes da comodidade e indolência; isso é obra que exige paciente perseverança em fazer o que é correto. Homens de negócios só podem ter êxito real se tiverem horas regulares para levantar-se, orar, comer e deitar-se. Se a ordem e a regularidade são essenciais nas atividades mundanas, quanto mais na obra de Deus!
Muitos desperdiçam na cama as brilhantes horas de manhã. Estas preciosas horas, uma vez perdidas, passam para nunca mais voltar; são perdidas para o tempo e a eternidade. Uma hora apenas perdida cada dia, e que desperdício de tempo durante um ano! Pense nisso o dorminhoco, e detenha-se a considerar como há de dar a Deus conta das oportunidades perdidas. — Obreiros evangélicos, pp. 277 e 278.

Deixe uma resposta

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?