Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Meu sermão deve ser confortante e poderoso

Propondo estas coisas aos irmãos, serás bom ministro de Jesus Cristo, criado com as palavras da fé e da boa doutrina que tens seguido (1 Timóteo 4:6).

Você deve ter clara compreensão do evangelho. A vida religiosa não é de melancolia e tristeza, mas de paz e regozijo unidos à dignidade cristã e santa solenidade. Não somos animados por nosso Salvador a desenvolver dúvidas e temores, nem perspectivas desanimadoras; elas não trazem alívio à alma e devem ser repelidas, e não louvadas. Podemos ter gozo inefável e glorioso. Ponhamos de parte nossa indolência e estudemos com mais constância a Palavra de Deus. Se alguma vez necessitamos de que o Espírito Santo estivesse conosco, se já necessitamos de pregar sob a manifestação do Espírito, agora é justamente esse tempo. — Manuscrito 6, 1888.
Agora, justamente agora, devemos proclamar a verdade presente, com certeza e vigor. Não cante uma nota de lamento; não cante hinos fúnebres. — Carta 311, 1905.
Erga os que estão desanimados. Considere as calamidades como bênçãos disfarçadas; as aflições como favores. Aja de maneira tal que faça brotar a esperança em lugar do desespero. — Testemunhos para a igreja, vol. 7, p. 272 (1902).
Ao se apressar de uma coisa para outra, se há tanto para você fazer que não pode dispor de tempo para conversar com Deus, como esperará poder em seu trabalho? O motivo de muitos de nossos ministros pregarem sermões insossos e destituídos de vida é permitirem eles que uma variedade de coisas de natureza mundana lhes ocupe o tempo e a atenção. — Ibidem, p. 251 (1902).

Deixe uma resposta

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?