Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Jesus ensinou por palavras e exemplo

As pessoas viram que o Espírito Santo repousava sobre Jesus, já aos doze anos de idade. Ele sentiu algo do fardo da missão para a qual viera a este mundo. … 

Compreendia as tentações das crianças, pois compartilhava suas tristezas e provas. Firme e resoluto era o seu propósito de fazer o correto; embora outros tentassem levá-Lo a praticar o mal, Ele nunca fez o que era errado e não Se afastaria o mínimo que fosse da senda da verdade e do direito. Sempre obedeceu a Seus pais e cumpria cada dever que Lhe surgia no caminho. 

Mas a Sua infância e juventude estavam longe de ser tranquilas e jubilosas. Sua vida imaculada despertou a inveja e o ciúme de Seus irmãos, pois não criam nEle. Incomodavam-se porque Ele não agia em tudo como eles e não Se lhes unia na prática do mal. — The Youth’s Instructor, 28 de Novembro de 1895.

Por ser Ele tão rápido em perceber o que era falso e o que era verdadeiro, Seus irmãos o importunavam muito, pois diziam que qualquer coisa que o sacerdote ensinasse devia ser considerada tão sagrada quanto uma ordem de Deus. Mas Jesus ensinou tanto por palavras como por Seu exemplo que as pessoas devem adorar a Deus assim como Ele as instruiu a adorá-Lo, e não seguir as cerimônias que os líderes religiosos afirmavam que deviam ser seguidas. … 

Os sacerdotes e fariseus também se aborreciam porque esse Menino não lhes aceitava as tradições, máximas e invenções humanas. … Não conseguindo convencê-Lo a considerar sagradas as tradições humanas, foram a José e Maria e se queixaram de que Jesus estava tomando um rumo errado acerca dos costumes e tradições deles. Jesus soube o que era ter a família dividida contra Ele por conta de Sua fé religiosa. Amava a paz; ansiava pelo amor e a confiança dos membros de Sua família; mas sabia o que era vê-los retirando dEle a afeição. Sofreu reprovação e censura por ter tomado um rumo decidido e por não praticar o mal porque outros o faziam, sendo leal aos mandamentos de Jeová. … 

Os escribas, rabis e fariseus não puderam forçar Jesus a afastar-Se da Palavra de Deus para seguir tradições humanas; podiam, porém, influenciar Seus irmãos de maneira tal que Sua vida se tornasse muito amarga. Seus irmãos O ameaçaram e procuraram compeli-Lo a tomar um rumo errado, mas Ele seguiu adiante, fazendo das Escrituras o Seu guia. — The Youth’s Instructor, 5 de Dezembro de 1895.

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?