Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Intolerância e Perseguição

“Se Me perseguiram e Mim, também perseguirão a vós outros, se guardaram a Minha palavra, também guardarão a vossa”. S. João 15:20.

A perseguição em suas várias modalidades é o desenvolvi- mento de um princípio que subsistirá enquanto existir Satanás e tiver o cristianismo poder vital. Ninguém poderá servir a Deus sem atrair contra si a oposição das hostes das trevas. Anjos maus o assaltarão, alarmados de que a sua in- fluência lhes esteja arrebatando a presa. Homens maus, reprovados pelo seu exemplo, unir-se-ão àqueles, procurando separar de Deus tal pessoa, por meio de sedutoras tentações. Quando estas não surtem o efeito esperado, recorre-se ao poder compulsório para forçar a consciência.

Mas, enquanto Jesus permanece como intercessor do homem no santuário celestial, a influência repressora do Espírito San- to é sentida pelos governantes e pelo povo. Essa, influência governa, ainda, até certo ponto, as leis do país. Não fossem estas, e a condição do mundo seria muito pior do que ora é. Conquanto muitos de nossos legisladores sejam ativos agentes de Satanás, Deus também tem os Seus instrumentos entre os principais homens da nação. O inimigo incita seus servos a que proponham medidas que estorvariam grandemente a obra de Deus, mas estadistas que tem o Senhor são influenciados por santos Anjos para que se oponham a essas propostas, com argumentos irretorquíveis. Assim, um pugilo de homens sustará poderosa corrente de males. A oposição dos inimigos da verdade será restringida a fim de que a mensagem do terceiro anjo possa efetuar a sua obra. Quando for dada a advertência final, prenderá a atenção das pessoas in- fluentes por meio de quem o Senhor está agora a operar, e algumas delas a aceitarão, e manter-se-ão com o povo de Deus durante o tempo de angústia. …

“E vós, filhos de Sião, regozijai-vos e alegrai-vos no Senhor vosso Deus, porque Ele vos dará ensinador de justiça, e fará descer a chuva, a temporã e a serôdia”. Joel 2:23. “E nos últimos dias acontecerá, diz Deus, que do, Meu Espírito derramarei sobre toda a carne”. “E acontecerá que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo”. Atos 2:17 e 21.

A grande obra do evangelho não deverá encerrar-se com menor manifestação do poder de Deus do que a que assinalou o seu início. – GC, 608-610.

Ano Bíblico- Êxo. 18-20. Juvenis: Gên. 41.

Deixe uma resposta

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?