Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Guardando o coração

Guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida. Provérbios 4:23.

Guardar com diligência o coração é essencial para um saudável crescimento na graça. O coração em seu estado natural é habitação de pensamentos impuros e paixões pecaminosas. Quando levado em sujeição a Cristo, ele tem de ser purificado de toda poluição pelo Espírito Santo. Isto não pode ser feito sem o consentimento do indivíduo.

Quando a alma foi purificada, é dever do cristão conservá-la incontaminada. Muitos parecem pensar que a religião de Cristo não pede o abandono dos pecados diários, o rompimento dos laços de hábitos que têm mantido a alma em cativeiro. Eles renunciam a algumas coisas condenadas pela consciência, mas deixam de representar a Cristo na vida diária. Não levam a semelhança de Cristo para dentro do lar. Não mostram criterioso cuidado na escolha de palavras. Não raro são proferidas palavras ferinas, impacientes, palavras que despertam as piores paixões do coração humano. Tais pessoas necessitam da permanente presença de Cristo na alma. Somente em Sua força podem eles manter vigilância sobre palavras e ações.

Muitos procuram questionar os momentos despendidos em meditação, no exame da Bíblia e em meditação, como se o tempo assim ocupado fosse perdido. Eu gostaria que vísseis estas coisas à luz do que Deus tem para vós; assim faríeis o reino do Céu de primacial importância. Conservar o vosso coração no Céu dará vigor a todas as vossas graças, e vida no cumprimento de todos os vossos deveres. … Assim como o exercício faz aumentar o apetite, e dá força e saudável vigor ao corpo, o exercício devocional dá aumento de graça e vigor espiritual.

Suba a Deus a oração: “Cria em mim, ó Deus, um coração puro” (Salmos 51:10); pois uma alma limpa, pura, tem a Cristo habitando em si, e da abundância do coração procedem as saídas da vida. A vontade humana deve render-se a Cristo. Em vez de passá-las por alto, fechando o coração ao egoísmo, há necessidade de abrir-se o coração às suaves influências do Espírito de Deus. A religião prática respira sua fragrância em toda parte. Ela é um cheiro de vida para vida. — The S.D.A. Bible Commentary 3:1157.

Deixe uma resposta

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?