Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Filipe, o evangelista

Um mensageiro celestial foi enviado a Filipe [um dos diáconos escolhidos] para indicar-lhe seu trabalho em favor do etíope. O evangelista foi orientado: “Dispõe-te e vai para a banda do Sul, no caminho que desce de Jerusalém a Gaza; este se acha deserto.” Atos dos Apóstolos 8:26.

Hoje, assim como então, os anjos conduzem e guiam aqueles que se permitem ser guiados e conduzidos. Esse anjo poderia ter ele próprio feito a obra, mas não é esta a maneira de Deus agir. Os crentes devem relacionar-se com outros crentes, e como instrumentos de Deus trabalhar em favor dos perdidos. 

Filipe compreendeu sua obra. Esse alto oficial estava sendo atraído para o Salvador e não resistiu à atração. Ele não fez de sua elevada posição mundana uma desculpa para não aceitar o Crucificado. O evangelista perguntou-lhe: “Compreendes o que vens lendo? Ele respondeu: Como poderei entender, se alguém não me explicar? E convidou Filipe a subir e a sentar-se junto a ele” para explicar-lhe a Palavra de Deus. Atos dos Apóstolos 8:31. … 

“Então, Filipe explicou; e, começando por esta passagem da Escritura, anunciou-lhe a Jesus. Seguindo eles caminho fora, chegando a certo lugar onde havia água, disse o eunuco: Eis aqui água; que impede que seja eu batizado? Filipe respondeu: É lícito, se crês de todo o coração. … Então… ambos desceram à água, e Filipe batizou o eunuco.” Atos dos Apóstolos 8:35-38. … 

Enquanto anjos do Céu realizam sua obra, instrumentos do mal estão trabalhando a fim de atrair a mente para alguma outra coisa. Satanás interpõe obstáculos, para que a mente inquiridora, que entenderia a Palavra de Deus, fique confusa. Assim trabalhou ele com Cristo no deserto da tentação. A experiência de Cristo está registrada para que possamos compreender os métodos e planos de Satanás. Tivesse Filipe deixado o caso do eunuco pendendo na balança, ele poderia nunca ter aceitado o Salvador. Anjos maus esperavam a oportunidade em que pudessem incutir suas falsidades e impedir a mente recém-despertada de buscar a verdade. Os instrumentos do Senhor devem consagrar-se inteiramente a Seu serviço, a fim de que possam ser rápidos em compreender sua obra. Como sábios mordomos, devem tirar vantagem de toda circunstância para ensinar a graça de Deus e levar pessoas a Cristo. — Manuscrito 11, 1900. 

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?