Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Filiação

Quando o pecado de Adão imergiu a raça em desesperançada miséria, Deus Se poderia haver separado dos seres caídos. Poderia havê-los tratado como os pecadores merecem. Poderia haver ordenado aos anjos celestes que derramassem sobre o mundo os cálices de Sua ira. Ter removido esta negra mancha de Seu Universo. Não o fez, no entanto. Em vez de os banir de Sua presença, aproximou-Se ainda mais da raça caída. Deu Seu Filho para se tornar osso de nossos ossos e carne de nossa carne. “O Verbo Se fez carne e habitou entre nós, … cheio de graça e de verdade.” João 1:14. Por Sua relação humana para com os homens, Cristo os atraiu bem achegados a Deus. Revestiu Sua natureza divina da vestidura humana, e demonstrou perante o universo celeste, perante os mundos não caídos, quanto Deus ama aos filhos dos homens. 

O dom de Deus ao homem excede a toda estimativa. Não foi retida coisa alguma. Deus não permitiria que se dissesse que Ele poderia haver feito mais ou revelado à humanidade maior amor. No dom de Cristo, deu Ele todo o Céu. — Manuscrito 21, 1900.

A filiação divina não é qualquer coisa que obtenhamos por nós mesmos. Unicamente aos que recebem Cristo como seu Salvador, é dado o poder de tornarem-se filhos e filhas de Deus. O pecador não pode, por nenhum poder a ele inerente, livrar-se do pecado. … Mas a promessa de filiação é feita a todos quantos “crêem no Seu nome”. João 1:12. Todo aquele que vai ter com Jesus em fé, receberá perdão. — The Review and Herald, 3 de Setembro de 1903. 

Deus ia ser manifesto em Cristo, “reconciliando consigo o mundo”. 2 Coríntios 5:19. O homem se tornara tão degradado pelo pecado que lhe era impossível, por si mesmo, andar em harmonia com Aquele cuja natureza é pureza e bondade. Mas Cristo, depois de ter remido o homem da condenação da lei, poderia comunicar força divina para se unir com o esforço humano. Assim, pelo arrependimento para com Deus e fé em Cristo, os caídos filhos de Adão poderiam mais uma vez tornar-se “filhos de Deus”. 1 João 3:2. — Patriarcas e Profetas, 64. 

Quando uma alma recebe a Cristo, recebe também o poder de viver a vida de Cristo. — Parábolas de Jesus, 314.

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?