Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Ferido em nosso lugar

Bem poderia o Céu espantar-se diante da recepção que seu amado Comandante recebeu no mundo! Que uma nação que alegava crer na profecia O negasse, que fosse em frente a despeito de advertências e predições, fechasse os olhos à luz e cumprisse todas as especificações das profecias, e ainda fosse tão cega, tão iludida pelo inimigo das almas a ponto de alegar estar fazendo o trabalho de Deus! E quão assombroso o fato de que o mundo O rejeitasse, assim como o fez essa nação!… 

Suas mãos foram perfuradas pelos cravos; Suas santas têmporas coroadas de espinhos. Ele foi na verdade ferido por Satanás, que animou seus agentes a fazerem as coisas mais cruéis. … Nossa salvação foi produzida pelo sofrimento infinito do Filho de Deus. … O calcanhar de Cristo foi mesmo ferido quando Sua humanidade sofreu, e um sofrimento mais pesado que o que já oprimiu os seres humanos que Ele criara pesou sobre Sua alma ao empenhar-Se Ele em pagar o vasto débito que os pecadores tinham para com Deus, o qual não poderiam nunca pagar para redimir-se da servidão. Sobre Ele foi posta a transgressão e a dor de todos nós. … 

Podem homens e mulheres por quem Cristo morreu ter um justo senso dos sofrimentos do querido Filho de Deus para trazer-lhes ao alcance a salvação, a fim de que filhos e filhas de Adão pudessem ser levados de volta a seu lar edênico?… 

O conflito foi tão severo que Ele desfaleceu e estava aparentemente morrendo no campo de batalha, quando anjos do mundo da luz vieram ao régio Sofredor e O serviram, fortalecendo-O com alimento. 

Do campo do conflito, Jesus ascendeu às alturas, levando em Seu próprio corpo ferimentos e cicatrizes como troféus de Sua vitória, que devia resultar no aniquilamento do poder do primeiro rebelde, que [antes de rebelar-se] fora um capitão na glória, um exaltado anjo no Céu. Houve regozijo no Céu e foi levada a todos os mundos a proclamação de que a arruinada raça fora redimida. Os portais do Céu se abriram à raça arrependida que cessaria sua rebelião e retornaria à sua lealdade para com a lei de Deus. … 

O grande Cabeça da igreja deixou a obra com Seus designados servos, para que a levassem avante em Seu nome. … Os seguidores de Cristo não são deixados a travar esse conflito contra Satanás em sua própria força finita; o Capitão de nossa salvação permanece à frente, invisível aos olhos humanos. O olhar da fé discerne seu Capitão e Lhe obedece às ordens. — Manuscrito 75, 1886.

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?