Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Examinar as escrituras

O tempo presente é de grande perigo para o povo de Deus. O Senhor está conduzindo um povo, e não um indivíduo aqui e ali. … “Vede, pois, como ouvis” (Lucas 8:18), é uma admoestação de Cristo. Devemos ouvir com o objetivo de aprender a verdade, para que andemos nela. Mais uma vez: “Vede como ouvis”. Examinai, “provai todas as coisas”, “não deis crédito a qualquer espírito.” 1 João 4:1. … Esse é o conselho de Deus; dar-lhe-emos atenção? 

Uma pessoa pode ouvir e reconhecer toda a verdade, e ainda não conhecer nada de piedade pessoal e da verdadeira religião prática. Pode explicar a outros o caminho da salvação, e contudo ser um réprobo. … “Por que” perguntou um homem que havia praticado e continuava praticando a iniquidade, “pessoas são convertidas à verdade por minha influência?” Respondi: “Cristo está constantemente atraindo pessoas a Si, e derramando Sua luz no caminho delas. Aquele que busca a verdade, não se lhe permite ler o caráter de quem o ensina. Se ele mesmo for sincero, se ele se aproxima de Deus, crendo nEle, confessando seus pecados, será aceito.”… 

No tempo dos reformadores, alguns tiveram medo da influência dos errantes sobre a igreja, e houve uma preocupação especial de estipular regras segundo as quais o povo comum não devia ler e interpretar as Escrituras por si mesmo. Desse modo chegou a igreja a exercer tirania sobre os dissidentes. … 

Jamais devemos permitir que prevaleça a impressão de que só uns poucos privilegiados têm conhecimento das Escrituras e de que os outros devem consultar a esses — um ou outro de seus pastores favoritos — como autoridade nas doutrinas. O povo deve ser instruído a examinar as Escrituras por si mesmo, a ousar pensar por si, a tomar a Bíblia como seu livro guia, seu padrão de fé. Conquanto possa a heresia erguer sua cabeça e insultar a verdade mediante ideias pervertidas e falsas interpretações e deturpações das Escrituras, não deve haver supressão da liberdade religiosa por parte dos reformadores. 

A igreja deve ter sempre em mente que não pode jamais atribuir a falíveis mortais a sabedoria infalível do Deus vivo. … Desejamos que todas as pessoas tenham um evangelho puro e sintam a necessidade de esquadrinhar por si mesmas as Escrituras, para saber o que diz a voz do Eterno, e unir-se ao grande coração do Amor Infinito. — Carta 12, 1890.

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?