Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

“Ele ressuscitou!”

O sábado havia passado, e Maria Madalena foi ao sepulcro cedo, de manhã, quando ainda era escuro. Outras mulheres deviam encontrar-se lá, mas Maria foi a primeira a chegar ao sepulcro. Elas haviam preparado suaves especiarias para ungir o corpo de seu Senhor. As mulheres ficaram grandemente aterrorizadas e esconderam o rosto na terra, pois a visão dos anjos era mais do que podiam suportar. Os anjos foram compelidos a ocultar sua glória ainda mais decididamente antes de poderem conversar com as mulheres. Elas tremiam de espanto. Um anjo disse: “Não temais; porque sei que buscais Jesus, que foi crucificado. Ele não está aqui; ressuscitou, como tinha dito. Vinde ver onde Ele jazia.” Mateus 28:5. … 

Não havia mais motivo de choro para Maria. Seu coração se encheu de gozo e júbilo. … Enquanto Maria estava ausente, ele [o anjo] apareceu às mulheres que tinham vindo ao sepulcro de outra direção. … “Ide, pois, depressa e dizei aos Seus discípulos que Ele ressuscitou dos mortos e vai adiante de vós para a Galileia; ali O vereis.” Mateus 28:7. Até então não houvera uma revelação de Cristo aos onze, e as mulheres foram contar aos discípulos a maravilhosa notícia. … Assim Cristo marcou um encontro, uma reunião pública com Seus seguidores na Galileia. Quem fez com que as mulheres que procuravam a Cristo no sepulcro se lembrassem daquilo que o Salvador lhes dissera anteriormente? Foi Cristo, que ressuscitara como lhes havia dito. 

A esse respeito, Marcos faz uma preciosa declaração que não deve ser passada por alto. O anjo disse às mulheres: “Ide, dizei a Seus discípulos e a Pedro que Ele vai adiante de vós para a Galileia.” Marcos 16:7. Que confortadora mensagem foi dada às mulheres para que a transmitissem a Pedro! O último olhar que Cristo havia lançado a Pedro fora após a tríplice negação do discípulo. Pedro não tinha sido esquecido por Cristo, e a menção do seu nome significou para ele que estava perdoado. … 

A maravilhosa instrução que Cristo havia dado a Seus discípulos nunca deveria perder sua força, mas eles precisaram ser lembrados das lições que Cristo repetidamente lhes dera enquanto ainda estava com eles. “Lembrai-vos”, disse o anjo, “de como vos preveniu, estando ainda na Galileia, quando disse: Importa que o Filho do homem seja entregue nas mãos de pecadores, e seja crucificado, e ressuscite no terceiro dia.” Lucas 24:6, 7. Os discípulos se surpreenderam por não terem pensado antes nessas coisas. — Manuscrito 115, 1897.

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?