Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

É preferível vender ovos do que fazer sociedade com incrédulos

Andarão dois juntos, se não estiverem de acordo? (Amós 3:3).

[Algumas pessoas] bem informadas das provas bíblicas de que o sétimo dia é o sábado, fazem sociedade com homens que não reverenciam o santo dia de Deus. O observador do sábado não pode ter a seu serviço, pagos com seu dinheiro, homens para trabalhar no sábado. Se, por amor ao lucro, consente que o negócio em que tem interesses seja atendido no sábado pelo sócio incrédulo, é ele tão culpado quanto o incrédulo; e tem o dever de dissolver a sociedade, por mais que perca por assim fazer. Podem os homens pensar que não lhes é possível obedecer a Deus, mas o que não podem fazer é permitirem-se desobedecê-lO. Os negligentes na observância do sábado sofrerão grande perda. — The Review and Herald, 18 de março de 1884.
Encontramos aqui a melhor espécie de pessoas por quem trabalhar. E para muitas delas não lhes seria difícil guardar o sábado. [Nome de uma localidade norte-americana] é um lugar em que se faz muita criação de aves. Em quase cada moradia dos bairros da cidade criam-se aves nos quintais. As casas não são construídas próximas, mas separadas umas das outras, e em muitos casos cercadas por vários hectares de terra. Há criação de várias espécies de aves, e os ovos encontram mercado fácil em ____ e _____, e são levados à cidade em barcos.
Escrevo isso para que vocês entendam a situação. Na criação de aves muitas famílias encontram o seu meio de vida, e não podem apresentar a dúvida que muitos costumam lançar quanto à guarda do sábado — de que lhes prejudicaria os negócios. Poderiam guardar o sábado sem o temor de perder o emprego. — Carta 113, 1902.

Deixe uma resposta

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?