Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Duas classes

Sempre houve duas classes entre os que professam ser seguidores de Cristo. Enquanto uma classe estuda a vida do Salvador e sinceramente busca corrigir seus defeitos e conformar-se ao Modelo, a outra classe evita as verdades claras e práticas que lhes expõem os erros. Mesmo em seu melhor estado, a igreja não era composta totalmente dos verdadeiros, puros e sinceros. Nosso Salvador ensinou que aqueles que voluntariamente condescendem com o pecado não devem ser recebidos na igreja; ainda assim, ligou a Si homens que eram faltosos no caráter, concedendo-lhes os benefícios de Seus ensinos e exemplo, para que pudessem ter a oportunidade de ver e corrigir seus erros. 

Entre os doze apóstolos estava o traidor. Judas foi aceito, não por causa de seus defeitos de caráter, mas apesar deles. Foi ligado aos discípulos para que mediante a instrução e o exemplo de Cristo pudesse aprender o que constitui um caráter cristão e assim ser levado a ver seus erros, arrepender-se e, pelo auxílio da divina graça, purificar sua alma, obedecendo à verdade. 

Mas Judas não andou na luz que tão graciosamente fora permitido brilhasse sobre ele. Pela condescendência com o pecado, convidou as tentações de Satanás. Seus maus traços de caráter tornaram-se predominantes. Entregou a mente ao controle dos poderes das trevas, e se zangou quando suas faltas foram reprovadas, sendo assim levado a cometer o pavoroso crime de trair seu Mestre. De igual modo, todos os que acariciam o mal sob uma profissão de santidade, odeiam aqueles que lhes perturbam a paz, condenando sua trajetória de pecado. Quando se lhes apresenta uma oportunidade favorável, à semelhança de Judas, trairão aqueles que para o seu bem procuraram reprová-los. 

Os apóstolos encontraram na igreja aqueles que professavam santidade enquanto secretamente acariciavam a iniquidade. Ananias e Safira desempenharam o papel de enganadores, fingindo fazer um sacrifício completo a Deus, quando cobiçavam reter uma parte para si mesmos. … Ao virem provas e perseguições sobre Seus seguidores, somente aqueles que estavam dispostos a abandonar tudo por amor à verdade desejaram tornar-Se discípulos de Cristo. Assim, enquanto continuou a perseguição, a igreja permaneceu comparativamente pura. Mas quando ela cessou, acrescentaram-se conversos que eram menos sinceros e dedicados, e se abriu o caminho para que Satanás pudesse firmar-se. — The Spirit of Prophecy 4:44, 45.

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?