Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Dom inefável de Deus

Graças a Deus pelo Seu dom inefável! 2 Coríntios 9:15.

A revelação do amor de Deus ao homem centraliza-se na cruz. A língua não pode expressar o seu pleno significado; não pode a pena descrevê-lo; a mente do homem não o pode compreender. … Cristo crucificado por nossos pecados, Cristo ressurgido dos mortos, Cristo assunto ao alto, eis a ciência da salvação que devemos aprender e ensinar.

“Ele, subsistindo em forma de Deus, não julgou como usurpação o ser igual a Deus; antes a Si mesmo Se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-Se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana, a Si mesmo Se humilhou, tornando-Se obediente até a morte, e morte de cruz.” Filipenses 2:6-8. “É Cristo Jesus quem morreu ou, antes, quem ressuscitou, o qual está à direita de Deus.” Romanos 8:34. “Por isso, também pode salvar totalmente os que por Ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles.” Hebreus 7:25.

Aqui estão infinita sabedoria, infinito amor, infinita justiça, infinita misericórdia — “profundidade da riqueza, tanto da sabedoria como do conhecimento de Deus”. Romanos 11:33.

É mediante o dom de Cristo que recebemos toda bênção. Por meio desse dom vem a nós dia a dia o inesgotável fluxo da bondade de Jeová. Cada flor, com seus delicados matizes e doce fragrância, é-nos dada para nosso deleite mediante esse dom. O Sol e a Lua foram feitos por Ele; não há uma só estrela que embeleze o céu que Ele não tenha feito. Não há sobre nossas mesas um só artigo de alimentação que Ele não tenha provido para nosso sustento. A assinatura de Cristo está em tudo. Tudo é suprido ao homem por meio de um inexprimível dom, o Unigênito Filho de Deus. Ele foi pregado na cruz para que toda essa graça pudesse fluir para a obra da mão de Deus. — Testimonies for the Church 8:287, 288.

“As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, e não subiram ao coração do homem, são as que Deus preparou para os que O amam.” 1 Coríntios 2:9. Certamente não há ninguém que, contemplando as riquezas de Sua graça, possa deixar de exclamar com o apóstolo: “Graças a Deus pois pelo Seu dom inefável.” 2 Coríntios 9:15. — Testemunhos Seletos 2:327.

Deixar uma resposta

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?