Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Cultivar o jardim do lar

Mês de Setembro:

Métodos para alcançar almas

A tua mulher será como a videira frutífera aos lados da tua casa; os teus filhos, como plantas de oliveira, à roda da tua mesa (Salmos 128:3).

A influência abrangente no mundo hoje é permitir que a juventude siga o curso natural de seu espírito. E se forem muito travessos na adolescência, dizem os pais que eles endireitarão depois de algum tempo, que aos dezesseis ou dezoito anos raciocinarão por si mesmos, deixarão seus maus hábitos e tornar-se-ão afinal homens e mulheres úteis. Grande erro! Permitem que durante anos o inimigo semeie no jardim do coração; experimentam no período do crescimento princípios errôneos, e em muitos casos todo o trabalho posterior feito nesse solo de nada valerá […] Alguns pais têm permitido que seus filhos formem hábitos errôneos, cujas marcas podem ser vistas durante o resto da vida. Sobre eles recai este pecado. Esses filhos podem professar ser cristãos; mas sem uma especial obra de graça no coração e uma completa reforma na vida, seus hábitos passados serão vistos em toda a sua experiência, e exibirão apenas o caráter que os pais lhes permitiram formar.
Não se devia permitir aos jovens aprender o bom e o mau indiscriminadamente, com a ideia de que com o tempo o bem predominará e o mal perderá sua influência. O mal aumentará mais depressa que o bem. É possível que depois de muitos anos o mal que aprenderam seja erradicado; mas quem se aventurará a isto? O tempo é curto. É mais fácil e muito mais seguro semear a semente pura e boa no coração dos filhos do que arrancar a erva má mais tarde. Impressões feitas no espírito dos jovens são difíceis de apagar. Quão importante, então, que essas impressões sejam da espécie desejável, que as faculdades elásticas da juventude sejam orientadas na direção certa. — O lar adventista, pp. 200 e 201.

Deixe uma resposta

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?