Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Cuidado ao receber “Nova Luz

Devemos orar por iluminação divina e, ao mesmo tempo, ser cuidadosos quanto a receber qualquer coisa denominada nova luz. … Foi-me mostrado que é ardil do inimigo desviar a mente para algum ponto obscuro ou não importante, algo que não foi plenamente revelado ou que não é essencial para a salvação. … 

Devemos permitir que os princípios da mensagem do terceiro anjo sobressaiam, claros e distintos. Os grandes pilares de nossa fé suportarão todo o peso que sobre eles for colocado. — Manuscrito 82, 1894; The Review and Herald, 4 de Novembro de 1965. 

Nossos pastores devem cessar de demorar-se sobre ideias singulares, com o sentimento “Você precisa ver a questão como eu; caso contrário, não se salvará”. Fora com essa pretensão! A grande obra a ser feita em cada caso é ganhar pessoas para Cristo. … 

Virá sobre o povo de Deus um tempo de angústia, mas não devemos manter isso constantemente diante do povo para promover um tempo de angústia antecipado. Deve haver uma sacudidura entre o povo de Deus, mas esta não é a verdade presente a ser levada às igrejas; ela será o resultado da rejeição da verdade apresentada. 

Os pastores não devem achar que têm algumas ideias avançadas, maravilhosas; que, a menos que todos as recebam, serão sacudidos fora e surgirá um povo para avançar para frente e para cima, rumo à vitória. O objetivo de Satanás é tão certamente cumprido quando as pessoas correm adiante de Cristo e fazem uma obra que Ele nunca confiou às suas mãos, como quando permanecem no estado laodiceano, mornas, julgando-se ricas e abastadas, sem precisar de coisa alguma. As duas classes são igualmente pedras de tropeço. 

Alguns zelosos que canalizam e reúnem todas as energias com vistas à originalidade, têm cometido um grave erro ao tentar manter algo sensacionalista, maravilhoso, arrebatador diante do povo, algo que, segundo lhes parece, os outros não compreendem. Mas frequentemente nem mesmo eles sabem do que estão falando. … 

Alguns são naturalmente combativos. … Gostariam de entrar em debates, gostariam de pelejar por suas ideias particulares; mas devem pôr tais coisas de lado, pois isso não é desenvolver as graças cristãs. Trabalhem com todas as suas forças no sentido de responder à oração de Cristo, para que Seus discípulos sejam um assim como Ele é um com o Pai. — Manuscrito 82, 1894; The Review and Herald, 11 de Novembro de 1965. 

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?