Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Cristo crescia em conhecimento

Todos os anos, os Seus pais iam à cidade de Jerusalém para assistir à festa da Páscoa, e no Seu décimo segundo ano foi Jesus com eles à cidade. Quando terminou a festa, os pais, esquecendo-se totalmente de Jesus, tomaram a estrada para casa com alguns de seus amigos, e não perceberam que Jesus não Se encontrava entre eles. Supuseram que estivesse com o grupo, e viajaram um dia inteiro antes de descobrirem que Ele não estava ali. Assustados com o que Lhe poderia ter acontecido, voltaram à cidade. … 

Jesus sabia que Deus Lhe havia dado essa oportunidade de levar luz aos que se achavam em trevas, e procurou fazer tudo ao Seu alcance para abrir a verdade perante rabis e mestres. Levou esses homens a falarem acerca de diferentes versos da Bíblia, relacionados com o Messias a quem aguardavam. Pensavam eles que Cristo viria ao mundo em grande glória naquele tempo, e tornaria a nação judaica a maior nação sobre a Terra. Mas Jesus lhes perguntou o que queriam dizer as Escrituras quando falavam da vida humilde, do sofrimento e tristeza, da rejeição e morte do Filho de Deus. Embora Cristo parecesse uma criança procurando ajuda dos que sabiam muito mais do que Ele, estava-lhes iluminando a mente com cada palavra que proferia. … 

Enquanto ensinava a outros, Cristo mesmo estava recebendo luz e conhecimento acerca de Sua própria obra e missão no mundo, pois se declara que Ele crescia em conhecimento. Que lição há nisso para todos os jovens de nossos dias! Eles podem ser como Cristo e, mediante o estudo da Palavra de Deus e o recebimento da luz que o Espírito Santo pode dar-lhes, estarão capacitados a levar luz aos outros. …

Os sábios homens ficaram surpresos diante das perguntas que o menino Jesus fazia. … Quando houve uma pausa, Maria, a mãe de Jesus, foi até seu filho e perguntou: “Filho, por que fizeste assim connosco? Teu pai e eu, aflitos, estamos à Tua procura.” Lucas 2:48. Então uma luz divina resplandeceu na face de Jesus, ao erguer Ele a sua mão e dizer: “Por que Me procuráveis? Não sabíeis que Me cumpria estar na casa de Meu Pai?” Lucas 2:49. … Não sabiam o que Ele queria realmente dizer com essas palavras, mas sabiam que era um filho leal, que se submeteria às ordens deles. Embora fosse o Filho de Deus, desceu para Nazaré e foi submisso a Seus pais. — The Youth’s Instructor, 28 de Novembro de 1895.

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?