Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Cristo bate à porta de seu coração

Entre o povo de Deus não deve haver dissensão, discórdia, guerra de um contra outro. As forças da justiça devem ser uma unidade em seu conflito contra o mal. Todas as forças do povo de Deus devem dirigir-se contra as forças do inimigo. A vontade de todo filho de Deus deve ser colocada ao lado da vontade de Deus. Os vigorosos esforços de Satanás contra o bem e o terrível ódio de seus agentes contra os instrumentos de Deus revelam a necessidade de união e harmonia entre as forças da justiça.

Uma terrível luta está diante de nós. Aproximamo-nos da batalha do grande dia do Deus todo-poderoso. Aquilo que tem sido mantido sob controle será liberado. O anjo da misericórdia está dobrando suas asas, preparando-se para descer do áureo trono e deixar o mundo sob o controle de Satanás, o rei que escolheram, assassino e destruidor desde o princípio. 

Os principados e potestades da Terra encontram-se em amarga revolta contra o Deus do Céu. Estão cheios de ódio contra todos os que O servem, e logo, muito em breve, deve ser travada a última grande batalha entre o bem e o mal. A Terra deve ser o campo de batalha — a cena do combate final e da final vitória. Aqui, onde por tanto tempo Satanás guiou o povo contra Deus, a rebelião deve ser para sempre suprimida. 

Cristo veio à Terra em forma humana para que pudesse ser o Capitão de nossa salvação, para que não fôssemos vencidos pelo poder de Satanás. E quando o inimigo pareceu ter obtido uma assinalada vitória sobre a justiça, Deus agiu com misericórdia e poder para frustrar-lhe os desígnios. … 

O povo de Deus deve apresentar um audaz e decidido testemunho em favor da verdade, revelando os propósitos de Deus pelo testemunho da pena e da voz. … Quando nos consagramos a Cristo, Ele fala ao coração, enchendo-o com Seu Espírito. Não temos tempo para lutar e contender entre nós mesmos; não temos tempo para atuar com base em suposições ou acalentar preconceitos. É tarde demais para isso… pois Cristo está às portas. 

Existe uma realidade na sã doutrina. Não é um vapor que se esvai. A luz deve brilhar a partir da Palavra de Deus. Deus chama Seu povo para que dEle se aproxime. Que ninguém se interponha entre Deus e Seu povo. Cristo está batendo à porta do coração, procurando entrada. Permitirá você que Ele entre? — Carta 153, 1901. 

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?