Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Como reis

Muitos que se declaram cristãos, não o são. … Deus não leva para o Céu senão aqueles que primeiro se fizeram santos neste mundo mediante a graça de Cristo, aqueles em quem Ele possa ver a Cristo exemplificado. … 

“O Senhor é cheio de terna misericórdia e compassivo.” Tiago 5:11. … Ele olha com piedade para a Sua redimida herança. Está pronto para perdoar os seus pecados se se entregarem a Ele e Lhe forem leais. Para ser justo, e ainda justificador do pecador, Ele lançou a punição do pecado sobre o Seu único Filho. … Por amor de Cristo Ele perdoa os que O temem. Não vê neles a indignidade do pecado; neles reconhece a semelhança de Seu Filho, em quem crêem. Somente deste modo pode Deus ter prazer em qualquer de nós. “A todos que O receberam deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus: aos que crêem no Seu nome.” João 1:12.

Não fosse pelo sacrifício expiatório de Cristo, e nada haveria em nós que pudesse deleitar a Deus. Toda bondade natural do homem é de nenhum valor a Seus olhos. Ele não tem prazer em qualquer homem que retenha sua velha natureza, não sendo assim renovado no conhecimento e graça a ponto de ser um novo homem em Cristo. Nossa educação, nossos talentos, nossos meios, são dons a nós confiados por Deus, a fim de que possa provar-nos. Se os usamos para glorificação própria, Deus diz: “Não posso deleitar-Me neles, pois Cristo morreu por eles em vão.” … 

A fim de adornar a doutrina de Cristo nosso Salvador, precisamos ter a mente que havia em Cristo. Nossos gostos e desprazeres, nosso desejo de ser os primeiros, de favorecer a nós mesmos com prejuízo de outros, devem ser vencidos. A paz de Deus precisa dominar em nosso coração. Cristo tem de ser em nós um princípio vivo, atuante. … 

Mediante vossa obediência a Deus, respeitai-vos a vós mesmos como a possessão adquirida de Seu Filho amado. Procurai exaltar a Cristo. Esta tarefa dura tanto quanto a eternidade. … Esqueceremos nós, como filhos e filhas de Deus, nosso real nascimento? Não honraremos antes a nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo? Não manifestaremos as virtudes dAquele que nos chamou das trevas para a Sua gloriosa luz? — The Review and Herald, 24 de Agosto de 1897.

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?