Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

Cada convertido tem uma experiência própria

E leram o livro, na Lei de Deus, e declarando e explicando o sentido, faziam que, lendo, se entendesse (Neemias 8:8).

Foi-me mostrado que muitas pessoas têm ideias confusas no tocante à conversão. Ouviram com frequência as palavras: “Vocês precisam nascer de novo”. “Vocês precisam ter coração novo”. Essas expressões as desorientaram. Não podiam compreender o plano da salvação.
Muitos tropeçaram para a ruína devido às doutrinas errôneas ensinadas por alguns ministros, referentes à mudança que ocorre na conversão. Alguns têm sofrido durante anos, esperando alguma notável evidência de que foram aceitos por Deus. Separaram-se do mundo, em grande medida, e encontraram prazer em se associarem com o povo de Deus; mesmo assim, não ousam confessar a Cristo por medo de que seja presunção dizerem que são filhos de Deus. Estão esperando essa tal mudança característica que creem estar relacionada com a conversão.
Depois de algum tempo, alguns desses recebem a prova de sua aceitação da parte de Deus, e então são levados a se identificarem com Seu povo. Marcam a sua conversão a partir daquele momento. Foi-me mostrado, porém, que haviam sido aceitos na família de Deus bem antes desse tempo. Deus os aceitou quando se sentiram cansados do pecado e, havendo perdido a satisfação pelos prazeres mundanos, decidiram buscar a Deus diligentemente. Mas, por não compreenderem a simplicidade do plano da salvação, perderam muitos privilégios e bênçãos que poderiam ter exigido se apenas tivessem crido que Deus os aceitara, quando pela primeira vez se voltaram para Ele.
[…] As evidências de uma genuína obra de graça no coração tem que ter base, não nos sentimentos, mas na vida. “Por seus frutos”, declarou Cristo, “os conhecereis”. — Manuscrito 55, 1910.

Deixe uma resposta

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?