Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

As escrituras, nossa salvaguarda

“Não são todos eles espíritos ministradores, enviados para serviço a favor dos que hão de herdar a salvação? Hebreus 1:14.”

Enquanto o povo de Deus preservar sua fidelidade a Ele, enquanto com viva fé se apegarem a Jesus, encontram-se sob a proteção dos anjos celestiais, e Satanás não terá permissão para exercer suas artimanhas infernais sobre eles para sua destruição. Mas os que se separam de Cristo pelo pecado estão em grande perigo. …

Satanás acha-se agora mais ansiosamente empenhado em jogar a partida da vida por almas que em qualquer tempo anterior; e a não ser que estejamos constantemente em guarda, ele estabelecerá em nosso coração orgulho, amor-próprio, amor do mundo, e muitos outros traços maus. Empregará também todo ardil possível para inquietar nossa fé em Deus e nas verdades de Sua Palavra. Caso não tenhamos experiência profunda nas coisas de Deus, se não tivermos inteiro conhecimento de Sua Palavra, seremos iludidos, para nossa ruína, pelos erros e sofismas do inimigo. Falsas doutrinas minarão o fundamento de muitos, porque eles não aprenderam a discernir a verdade do erro. Nossa única salvaguarda contra as astúcias de Satanás é estudar as Escrituras diligentemente, possuir inteligente compreensão das razões de nossa fé, e cumprir fielmente todo dever conhecido. A indulgência com um pecado conhecido causará fraqueza e trevas, e sujeita-nos a ardente tentação. — Mensagens Escolhidas 2:58.

Estão nossas súplicas ascendendo a Deus, com viva fé? Abrimos nós a porta do coração a Jesus, fechando todas as vias de acesso a Satanás? Estamos diariamente obtendo luz mais clara e maior força, a fim de que possamos permanecer na justiça de Cristo? Estamos esvaziando o coração de todo egoísmo, e purificando-o, como preparo para o recebimento da chuva serôdia do Céu?…

A obra de vencer é uma grande obra. Apoderar-nos-emos dela com energia e perseverança? A menos que o façamos, nossas “vestes sujas” não serão tiradas de nós. Jamais devemos esperar que elas nos serão arrancadas violentamente; precisamos demonstrar primeiro o desejo de desvencilhar-nos delas. Devemos procurar separar-nos do pecado, confiando nos méritos do sangue de Cristo; e então, no dia da aflição, quando o inimigo nos apertar, andaremos entre os anjos. Eles serão como uma muralha de fogo ao nosso redor. — The Review and Herald, 19 de Novembro de 1908.

Ano Bíblico- I Sam. 17-19. Juvenis: I Sam. 5

Deixe uma resposta

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?