Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

A organização da igreja de Jerusalém é um modelo

Mês de Julho:
O papel da educação na obra missionária

Tomei, pois, os cabeças de vossas tribos, homens sábios e experimentados, e os tenho posto por cabeças sobre vós, e por capitães de milhares, e por capitães de cem, e por capitães de cinquenta, e por capitães de dez, e por governadores das vossas tribos (Deuteronômio 1:15).

A organização da igreja em Jerusalém deveria servir como modelo para a organização de igrejas em todos os outros lugares em que mensageiros da verdade conquistassem conversos ao evangelho. […] Mais tarde, na história da igreja primitiva, quando nas várias partes do mundo muitos grupos de crentes se constituíram em igrejas, a organização da mesma foi mais aperfeiçoada, de modo que a ordem e a ação harmoniosa se pudessem manter. Todo membro era exortado a bem desempenhar sua parte. Cada qual devia fazer sábio uso dos talentos a ele confiados. — Atos dos apóstolos, 91 e 92.
A cada um que se ajunta às fileiras mediante conversão, deve ser designado seu posto de dever. Cada qual deve estar disposto a ser ou fazer qualquer coisa nessa batalha. — Testemunhos para a igreja, vol. 7, p. 30.
Não são numerosas instituições, grandes edifícios ou larga ostentação o que Deus requer, mas a ação harmoniosa de um povo peculiar, um povo escolhido por Deus, e precioso. Cada um deve ficar em sua porção e lugar, pensando, falando e agindo em harmonia com o Espírito de Deus. Então, e não antes, será a obra um todo completo, simétrico. — Testemunhos seletos, vol. 2, p. 531.
A força de um exército é medida em grande parte pela eficiência dos homens das fileiras. O general sábio manda seus oficiais treinarem cada soldado para o serviço ativo. Ele procura desenvolver a mais alta eficiência da parte de todos. Se devesse depender unicamente de seus oficiais, não poderia nunca esperar conduzir uma campanha com êxito. Ele conta com o serviço leal e incansável de todo homem de seu exército. A responsabilidade recai em grande parte sobre os homens das fileiras. — Obreiros evangélicos, p. 351.

Deixe uma resposta

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?