Adventistas do Sétimo Dia – Movimento de Reforma

A importância do apelo no movimento de 1844

Vinde a Mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e Eu vos aliviarei (Mateus 11:28).

Essa é a forma com que a verdade foi proclamada em 1842, 1843 e 1844. […] Nenhuma palavra desnecessária era proferida pelo orador, mas as Escrituras eram apresentadas com clareza. Frequentemente era feito um apelo aos que criam nas verdades que haviam sido provadas pela Palavra, para que se levantassem, e grande número atendia. Faziam-se orações em favor dos que desejavam auxílio especial. — Manuscrito 105, 1906.
Aos meus irmãos do ministério, quero dizer: Todo novo aparecimento de convicção operada pela graça de Deus na alma dos incrédulos, é divina. Tudo quanto vocês puderem fazer para atrair as almas para o conhecimento da verdade, é um meio de permitir que a luz brilhe, a luz da glória de Deus, tal como brilha na face de Jesus Cristo. Guiem a mente Àquele que norteia e dirige todas as coisas. Cristo será para as almas recém-conversas, o maná e o orvalho espiritual. Não existe nEle treva alguma. À medida que os homens de discernimento espiritual fizerem com eles estudos bíblicos, dizendo-lhes como entregar-se ao poder do Espírito Santo para que estejam plena e firmemente fundados na verdade, o poder de Deus se revelará pouco a pouco. — Idem.
Abandonem toda aparência de moleza, e levem as pessoas a pensar que há vida ou morte na aceitação e rejeição desses assuntos solenes. Ao apresentar verdades decisivas, perguntem com frequência quem, depois de terem escutado as palavras de Deus, que aponta o dever, está disposto a consagrar a Cristo Jesus o coração e a mente com todos os seus afetos. — Carta 8, 1895.

Deixe uma resposta

COMENTARIOS RECENTES

    MORADA POSTAL

    Apartado 2400
    1109-001 LISBOA
    Website: http://www.asdmr.org
    Email: Clique aqui
    Este site usa cookies. Ao utilizar o site, está concordar com a utilização que fazemos das mesmas. Quer saber mais sobre cookies?